The X Factor UK 8×14 – Top 12 – “Love & Heartbreak”

Está apaixanodo(a) e naquele clima gostoso de começo de relacionamento? Aproveite enquanto dura, pois seu amor se transformará em ódio depois de levar o maior pé na bunda da história! 

Kidding, eu não estou amargurado… Só tentando ilustrar o tema da semana “Love & Heartbreak”. Peguem os lenços, a caixa de chocolate e aquele pote de sorvete e vem chorar junto… ALL BY MYSEEEEEEEEEEEEEEEELF.

Comentarista convidado da semana: Jim, Pam e Dwight de The Office.

Nu Vibe – “With Or Without You” (U2): 


WHY GOD??? WHYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYY? Sem química, sem vocais, sem emoção e que inferno essa mania de colocar remix em tudo quanto é música.

O melhor momento é um dos garotos com cara de “que bosta, eu deveria estar cantando o vocal principal”. Vídeo

Opa, o Creed também quer mandar um recado para os meninos do Nu Vibe. Vídeo

Sami Brookes – “I Will Always Love You” (Whitney Houston): Já escutei tantas versões dessa música que já devo estar imune de sentir qualquer resquício de emoção com ela. Sami entregou um grande vocal e ela se conectou lindamente com a música, mas é como eu disse, a música é tão batida que impossibilita maior apreciação.

Queria tanto escutar ela cantando “Nothing Compares To You”…

Craig Colton – “Best Thing I Never Had” (Beyonce): Foi uma grande pilha de blergh, vocal foi bem OKzinho, instável pra não falar coisa pior. Song choice foi o maior problema, não combinou com ele.

Janet Devlin – “Can’t Help Falling In Love” (Elvis Presley): Gostei da song choice, não estou morrendo de amores pelo fraseado e a constante falta de habilidade de permanecer no tom certo e…

Continua Janet, o sono tá vindo bem gostoso.

Frankie Cocozza – “The Scientist” (Coldplay): 

Jim odeia tanto o Frankie que nem sabe o nome dele.

Só digo isso, Stacey Solomon. E que Frankie é sofrível demais de se assistar.

Johnny Robinson – “Can’t Get You Out Of My Head” (Kylie Minogue):

Bom, entediante não foi haha.

Sabe o que me fez rir muito com essa performance? Ele me lembrou muito de uma professora do ensino médio, sério as mesmas caras!!!

Para não falar que odiei totalmente o vocal, eu gostei da parte que ele cantava “set me free” e só. VOGUE!

Obs: “You can rub my lamp anytime Gary” EPIC!!!

Marcus Collins – “Russian Roulette” (Rihanna): Sério, o Marcus parece ser tão legal que eu quero ser buddy dele no dia que for pra Londres.

Dos 3 garotos foi o vocal de que mais gostei, mas ainda assim foi a song choice errada, se você escutar somente a voz dá pra perceber que falta conexão e aquela paixão. Achei o Marcus levemente desconfortável durante a performance.

Rhythmix – “I’m Like A Bird” (Nelly Furtado): Awn, lembraram de Bad Lashes, eu curtia elas  (DAMN YOU LOUIS WALSH E GIRLBAND) e a versão de Wonderwall que elas fizeram (não que foi impecável, mas eu curti a versão)…

Realmente não esperava gostar delas quando apareceram no Judges House, mas elas são melhores do que eu esperava.

Não amei a song choice, o instrumental estava alto demais e as vezes acho que isso é proposital para esconder as vozes. Visualmente estou tendo um problema com a loira, semana a semana me parece que é Rhythmix feat. Loirinha. Ela não se encaixa com as demais, mas acho que é um problema do figurino.

Misha B – “Would I Lie To You” (Charlie and Eddie): Thank God que ela não fez um rap!!! Vocal forte, mas não perfeito… Porém isso é apenas um pequeno detalhe, pois ela não parecia uma candidata, mas sim uma cantora famosa.

The Risk – “Just The Way You Are” (Bruno Mars): Gostei da song choice, mas não do produto final… Ficou produzido demais, é sempre bom lembrar que menos é mais.

E claro, a versão do Matt Cardle continua reinando lindamente como a melhor versão que já escutei dessa música, melhor até do que a do Bruno Mars (Yeah, I said it!).

Sophie Habibis – “Wherever You Will Go” (The Calling): Tadinha da Sophie, ninguém sabe quem ela é.

Song choice errada, vocal foi legal, mas se “Teenage Dream” foi o prato principal e sobremesa ao mesmo tempo, essa apresentação não passou de uma simples entrada sem graça. Faltou star power.

E please, que tal cantar algo mais animadinho caso você sobreviver mais uma semana?

Kitty Brucknell – “It’s Oh So Quiet” (Bjork): WOW! Nunca imaginei escutar Bjork nesse tipo de competição.

E WOW² por ela ter impressionado Brian May do Queen.

E WOW³ por ter feito minha performance favorita da noite. Super criativo, interessante, divertido e vocalmente foi uma das melhores da noite.

Fiquei bastante decepcionado essa semana. Semana passada eu achei que foi um dos melhores Live Shows desde que comecei a assistir o programa e esperava que essa semana fosse igual ou pelo menos quase igual, principalmente com um tema que abrange o tipo de música que mais amo…

O grande problema da noite foi song choice, praticamente tudo deu errado… Acho que a única pessoa que recebeu a música certa foi a Kitty e Janet, só que a apresentação da Janet acabou insossa.

A única apresentação de que eu realmente gostei e irei me lembrar daqui duas semanas foi a da Kitty.

Com um tema desses eu queria algo extremamente heartbreaking que me deixasse depressivo me entupindo de chocolate e sorvete na fossa eterna ou alguma música “já te esqueci, fuck you very much”.

Quem estará em perigo? Eu rezo para que seja Nu Vibe (que em minha opinião deveriam ter sido eliminados semana passada) e eu quero que Johnny também esteja em perigo, mas sei que isso é praticamente impossível.

Acredito que um dos garotos corra risco de ser eliminado, principalmente Marcus já que Craig caiu no gosto popular pelo que ando vendo e pelo público feminino ter um gosto duvidoso e amarem o Fiuk/Restart bundão.

Sophie também pode estar correndo por fora por um vaga entre os menos votados, simplesmente pelo fato do vídeo pré-performance dela em que ninguém sabia quem ela era.

E voltando aos Boys, quem diria que Gary Barlow seria o pior mentor em questão de song choices? Louis que é Louis fez duas escolhas super interessantes que deram certo para os cantores…

Minhas escolhas para essa semana:

Kiss Me (Sixpence None The Richer) – Só que uma versão bem melancólica e depressiva, eu iria querer passar a história do ponto de vista de alguém que perdeu o amor de sua vida e está relembrando do primeiro encontro. Imagine a abertura da versão da Lacey Brown só que um pouco mais depressiva e com esse clima durante toda a música.

The Pieces Don’t Fit Anymore (James Morrison) – Só porque eu sempre tenho uma música do James Morrison para todas as ocasiões.

Lie To Me ou Remeber To Forget (Shane Mack) – Essas músicas me colocaram numa depressão incrível quando conheci Shane Mack. Terminou um relacionamento e tá afim de uma boa música para te fazer chorar? Coloca Shane Mack pra tocar.

Last Train Home (Ryan Star) – Considero ela a versão rock/pop de “Love Story” da Taylor Swift.

Be OK (Ingrid Michaelson) – Acho incrível o contraste da letra e energia que a música possui. Mas como eu sou uma pessoa com muito amor no coração, eu também gostaria de transformar essa música na coisa mais depressiva e sem esperança do mundo.

E é isso, já que ninguém me fez ficar depressivo com vontade de chorar vou ali chorar com a minha playlist enquanto espero vocês comentarem.

Obs: Se vocês ainda não conhecem esses cantores, vocês deveriam… Just saying

5 Responses to The X Factor UK 8×14 – Top 12 – “Love & Heartbreak”

  1. Thais Afonso disse:

    Kiss Me numa versao melancolica seria perfeito para Sophie.

    • Will Takaezu disse:

      É o meu sonho encontrar uma versão bem depressiva dessa música, nem precisa ser apresentação de Idol, XF e afins…
      Mas por enquanto Sophie é quem tenho em mente para fazer minha versão dos sonhos

  2. Everton disse:

    Eaí, Will! Blza?

    Quero dar uma breve opinião sobre as apresentações…

    Nu Vibe – São esforçados, tem o restinho bonito, harmonia quase zero… tudo igual ao OD… menos no carisma… os rapazes nem isso conseguiram!!

    Sami – Concordo com a afirmação de que a música é batida e tudo mais… mas não podemos negar que essa mulher tem uma voz impressionante… ela tem o domínio dela e consegue interpretar todas as canções que jogam pra ela. Afirmar que ela é uma Mary … é um crime… pra mim, Sami é de longe melhor que a Mary.

    Craig – Achei uma performance “ok”… nada demais, ainda prefiro a apresentação da semana passada.

    Janet – Meu Deus… quando a Kelly vai sacudir essa menina??? Ela é minha queridinha na competição… e é queridinha do público… mas paciência tem limite né?? Não teria como ouvir 12 faixas da Janet em sequência… potencial ela tem… mas se continuar nesse marasmo… não vai longe.

    Frankie – Desculpa… mas minha repulsa é tanta por esse cidadão que me recuso a expressar quaisquer comentários.

    Johnny – Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah… quer saber?? Eu gostei dessa apresentação… acho ele muito original… engraçado… só que com vocais péssimos, realmente!! Mas no quesito divertimento… Johnny é uma boa pedida!!!

    Marcus – Eu vejo no Marcus um Danyl 1.0 (pq o Danyl seria a evolução do Marcus)… gosto bastante dele… acho que pode evoluir muito… é só o Gary começar a trabalhar com mais atenção e Marcus tem tudo pra crescer.

    Rhythmix – Melhor Girlband que já vi nesse programa… harmonias “ok”… são simpáticas… tem um estilo bem moderno… bons vocais… Olha, me surpreenderam semana passada e nessa tb… bela song choice… e belo trabalho da Tulisa com essas meninas!!

    Misha – Esa já nasceu com brilho de Diva… essa guria canta demais… longe da apresentação passada… mas ela é um arraso… parece que foi criada dentro de um palco… mas com certeza ela não ganha… vide os últimos favoritos!!

    The Risk – Grupo bem mais ou menos… pouca harmonia… pouca sintonia entre as vozes… Tulisa já tá tirando leite de pedra com eles… ainda sim… conseguem ser melhores que Nu Vibe.

    Sophie – O que falar da Amelia? Ops… esqueci que ela saiu pra ficar a Sophie… :S !!! Olha… tenho uma certa implicância com ela… acho ela com cara de sono… e esse apresentação?? Pra mim… digna de bottom se não tivessem competidores piores.

    Kitty – Adiava-a… mas sério… tem como negar que essa louca é uma das estrelas dessa temporada? Dona de um vozeirão… Kitty esbanja competência e controle vocal. Gosto bastante e estou querendo vê-la mais e mais vezes…

    Bom… essas são minhas modestas opiniões… me sinto a vontade de comentar esse blog!!

    Mais uma vez… parabéns, Will!! Belo trabalho!!

    • Will Takaezu disse:

      Adoro comentários gigantescos! Faça sempre assim haha
      Só pra esclarecer, fiquei confuso na comparação do Marcus e Danyl… Você quis dizer em relação a potencial como performer ou que ele está ficando confiante demais a ponto de parecer arrogante?
      Sim, eu amava Danyl no começo, mas não conseguia mais suportá-lo pelo jeitão meio “última bolacha do pacote”.

      E semana passada eu confesso que torci para Sophie ficar, eu botava muita fé que ela ia surpreender novamente… Daí ela resolve repetir a receita e deu no que deu… Se Sophie decepcionar novamente na próxima semana, vou pro UK e implorar pelo perdão da Amelia.

      • Everton disse:

        Com certeza é como performer, Will! Até pq o Marcus não me parece arrogante… e sim desconfortável… talvez com essas escolhas das músicas nos lives!!

        Quanto a Sophie… realmente… se ela fizer outra apresentação sofrível como essa… bottom na garotinha, pra ver se aprende e já pode marcar seu voô pro UK!! Hehehehehehe!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: