The X Factor UK 8×10 – Judges House Parte 1

E chegou a minha parte preferida da temporada, a famosa fase “EU SOU RYCA, VOU ESFREGAR ISSO NA CARA DE VOCÊS E TORTURAR EMOCIONALMENTE POBRES COITADOS!!!”. Peguem os lencinhos e a pipoca e allons-y! 

Groups  – Tulisa com a ajuda da Jessie J (YAY!!!).

The Keys – “Best Thing I Never Had” (Beyoncé): Desde que o Bootcamp começou eu vinha me decepcionando cada vez mais com The Keys, dessa vez eles vieram e voltaram a ser o grupo coeso e talentoso que vimos na audição. Embora ainda não tenha me agradado tanto quanto a audição, mostraram que podem ser um dos melhores grupos que o programa já teve com a assistência de Tulisa.

BTW, a voz do vocalista principal, Charlie, é ridiculamente viciante… Ele poderia ser um fenômeno como artista solo, algo nele me leva a crer que poderia rolar algo meio Justin Timberlake.

The Estrelles – “Love The Way You Lie” (Rihanna): Parece ter sido uma versão competente, mas não mostraram aquele HUMPF… ODEIO quando intercalam performance com entrevistas, eu não quero ouvir pela milésima vez “Isso é tudo que sei fazer / Música é tudo pra mim e blah blah blah”… Eu quero é escutar as bandas cantarem e julgar se elas são boas o bastante ou não.

Girl V Boy – “Use Somebody” (Kings Of Leon): Já não aguento mais escutar covers dessa música, de escolha foda se tornou uma das escolhas mais obvias em competições deste tipo. Vocal OK, o que consegui escutar das harmonias não gostei, parece ter sido entediante.

The Lovettes – “Forever is Over” (The Saturdays): Adoro The Saturdays!!! Odiei a apresentação e concordo com a Tulisa, a parte foda da música em que elas podiam chutar o balde e soltar a franga, elas transformaram num refrão entediante.

The Risk – “No Air” (Jordin Sparks): Geralmente não gosto de grupos formados pelos jurados, mas não é que este enlatado me agradou?

A voz do primeiro cara me agradou bastante, Marlon parece não ter evoluído vocalmente desde sua aparição na temporada passada e não devia ter cantado a parte principal. Não consigo me lembrar de como o Derry é vocalmente, mas o rap ficou bacana.

2 Shoes – “Tik Tok” (Ke$ha): Não reconheci a música de tanto que elas mudaram a estrutura da música, mas isso não me incomodou, gostei bastante dos vocais, principalmente da loira.

Se elas estiverem nos Live Shows, com certeza trarão a diversão.

Nu Vibe – “Written In The Stars” (Eric Turner): Outra banda formada pelos jurados. Eles são basicamente o One Direction com integrantes um ou dois anos mais velhos, com mais personalidade e melhores vocais.

Boa performance com um toque de humor e atitude.

Rhythmix – “Big Girls Don’t Cry” (Fergie): Outro grupo formado pelos jurados, mas elas nunca chegaram a se apresentar juntas, foram colocadas no grupo e mandadas direto para o Judges House.

A voz da garota que cantou o primeiro verso estava muito tremida e irritante, mas ela melhorou em seu segundo breve verso.

Este grupo não mostrou nenhuma química e as harmonias foram tão boas quanto do grupo Belle Amie do ano passado, OU SEJA…

Girls – Kelly contando com a ajuda da fodasticamente talentosa Jennifer Hudson.

Amelia Lily – “ET” (Katy Perry): WAIT!!! Ela só tem 16 anos??? Eu jurava que ela devia ter uns 18 ou 19 anos…

Finalmente uma música que gostei na voz da Amelia, ela precisa continuar nesse caminho de músicas pop com leves infusões de rock.

Bom vocal, conseguiu ownar a música sem mudar muita coisa e ela é provavelmente a menina mais comercial do grupo. Em minha opinião ela é uma popstar em ascensão com todo esse potencial a ainda ser utilizado.

Jade Richards – “I Can’t Make You Love Me” (Bonnie Raitt): Putz, como eu adoro essa garota… Ela me lembra a versão soul/pop da Sally Chartfield (2º lugar – The X Factor Australia).

Concordo com Kelly e Jennifer, foi uma interpretação linda, mas ao mesmo tempo não foi algo memorável. Jade poderia ter escolhido uma música igualmente emocionante, porém menos batida.

Sophie Habibis – “He Won’t Go” (Adele): Não me recordo de tê-la visto durante as audições e Bootcamp.

Tom de voz belíssimo e interpretação no ponto, pode ser a dark horse da temporada.

Sarah Watson – “Knock You Down” (Keri Hilson): Outra que não sei quem é… Voz comum e nada de muito especial. Pelo airtime limitado que ela recebeu, uma garota a menos na disputa.

Melanie McCabe – “Grenade” (Bruno Mars): Tem um vocal legal, seu tom de voz é bem comunzão e suas performances sempre pecam na entrega…

Holly Repton – “For The First Time” (The Script): Holly Who? Vocal e performance foram prejudicados demais pelo nervosismo. Ela tem um tom de voz bacana, mas não foi bem explorado pela escolha da música.

Misha Bryan – “Fly” (Nicki Minaj): OK, se alguém ainda tinha duvidas de que ela estaria nos Live Shows acredito que estas foram sanadas.

A garota tem a potencia vocal de uma diva e o fator cool necessário para perceber que não precisa berrar uma nota para provar. Depois dessa apresentação já consigo imaginar ela tocando nas rádios daqui um ano. Ela só precisa tomar cuidado para os raps não servirem de muletas no decorrer da temporada.

Janet Devlin – “Beautiful” (Christina Aguilera): Awnnn little Diana… Digo, Janet…

Adoro a voz da Janet e adorei a interpretação da música. Meu grande temor com ela é que sua voz é muito afetada (o que eu simplesmente amo), o que pode irritar o público em poucas semanas.

Over 30’s  – Louis e a mulher-samambaia Sinitta.

Johnny Robinson – “Love Is A Losing Game” (Amy Winehouse):

HOW DARE YOU???

Sami Brookes – “Empire State Of Mind” (Alicia Keys): Já disse uma vez, Sami é a Mary Byrne mais nova, possui uma voz ótima, mas é difícil imagina-la fazendo sucesso após o programa.

Mesmo não vendo ela como uma artista, ela é de longe a melhor cantora da categoria e sua interpretação da música foi uma grata surpresa.

Se chegar aos Live Shows, contem com o Louis tirando tudo que ela tem de contemporâneo e transformando ela num poço de breguice.

Terry Winstanley – “Handbags & Gladrags” (Stereophonics): Eu gusto dele como pessoa, mas sua voz não é boa o suficiente.

Carolynne Poole – “Need You Know” (Lady Antebellum): Who?

Joseph Gilligan – “Just The Way You Are” (Bruno Mars): De novo, WHO??

Goldie Cheung – “On The Floor” (Jennifer Lopez): Eu ODEIO a voz dela, mas ela é tão pirada e fascinante que eu quero ver mais e mais só para garantir uma risada diária.

Jonjo Kerr – “Don’t You Remember” (Adele): JONJO JOOOOOONJO… Adoro o nome dele, é engraçado de se repetir…

Louis contestando se Jonjo conseguirá lidar com o trabalho árduo caso seja aprovado para os Live Shows… Meu “querido”, o cara é um soldado que está prestes a ir para o Afeganistão… Acredito que ele sabia o real significado de trabalho árduo.

Adoro sua voz e sua interpretação foi quase de quebrar o coração, mas ele precisa trabalhar mais em sua confiança. Ele é meu preferido da categoria juntamente com Sami.

Kitty Brucknell – “Beautiful Disaster” (Kelly Clarkson): Kitty é insuportável, mas sem dúvidas está no Top 3 de melhor vocalista da categoria.

Se ela não fosse tão insuportável e forçasse tanto seu vocal e atitude, ela teria grande chance de chegar perto das finais.

Boys – Gary e o que tem cara de maníaco sexual, Robbie Williams

Frankie Cocozza – “What’s My Name” (Rihanna): Hmm na na, continuo odiando ele… Next!

John Wilding – “Promise This” (Cheryl Cole): Adoro o John, mas ele pisou legal na bola com a escolha da música. Para alguém que já chegou a esta fase da competição antes, ele devia ter incorporado a Alexandra Burke, jogado a música no chão e chamado de biscate no nível de apresentações fantásticas.

John Cox – “Knockin’ On Heaven’s Door” (Bob Dylan): Que versão bunda… Voltou a ser apenas um who? na competição.

James Michael – “Skinny Love” (Bon Iver): Acabei de me tocar de quem ele me lembra… Felipe Dylon… E isso meio que estragou ainda mais a coisa pra mim…

Eu adorava a voz dele, mas toda vez é o mesmo tipo de música, o mesmo tipo de vocal e a mesma falta de presença.

Max Vickers – “The Only Exception” (Paramore): Sério que colocaram o Max com essa voz no Judges House e o John Adams com aquele tom de voz fantástico ficou chupando o dedo em casa?

Luke Lucas – “Impossible” (Shontelle): Gezz, o garoto foi um desastre… Nervosismo presente desde o começo em sua voz e só piorou com a desafinação e a completa falta de timing.

Luke: “Acho que não fiz o suficiente…” – VOCÊ ACHA???

Marcus Collins – “One Big Family” (Embrace): Nos últimos episódios Marcus se tornou o meu preferido da categoria, ele é um ótimo cantor com bastante soul, é um performer nato e ainda é carismático. Provavelmente um dos candidatos mais completos da temporada.

Craig Colton – “Halo” (Beyoncé): Sei que disse que ele poderia ter sido eliminado depois de sua última performance do Bootcamp, mas estou grato que ele não foi eliminado.

Só não fiquei totalmente convencido com alguns momentos da seção em que ele cantou de forma mais agressiva, mas no geral ele foi o melhor da categoria.

Olha, ninguém chegou a me deixar de queixo caído como na 5ª temporada com a Alexandra Burke e Beverley Trotman, mas convenhamos que raramente alguém consegue ser foda logo no Judges House.

Todas as categorias tem candidatos com bastante potencial e já foi confirmado que novamente teremos um Top 16, então eis quem eu escolheria levando em consideração todas as apresentações.

Boys: Craig Colton, Marcus Collins, John Wilding e James Michael.

Girls:  Amelia Lily, Jade Richards, Misha Bryan e Janet Devlin.

Over 30’s: Jonjo Kerr, Sami Brookes, Kitty Brucknell e Goldie Cheung (só para dar um drama a mais na temporada).

Groups: The Keys, 2 Shoes, The Risk e Nu Vibe.

Sintam-se livres para dar pitacos, criticas, dar a receita de familia e por ai vai. Mas principalmente, quem vocês colocariam nos Live Shows?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: