HIMYM – 7.03 – Ducky Tie

E não é que esse episódio foi legal? Nada de Nora e nada de mistérinhos baratos (ok, quase). No lugar, uma aposta bem nonsense num restaurante japonês, tendo como plano de fundo o relato do reencontro de Ted com Victoria.

O retorno da personagem era um prato cheio para estragarem uma das ótimas memorias da série, afinal, depois de tanto tempo gasto com tramas bobas, não seria muito difícil decidirem desenterrar Victoria só para enrolar ainda mais a jornada de Ted. Graças ao bom Deus, a presença da moça serviu para aquilo que tanto desejei: trazer aquele clima repleto de awesomeness da Era Victoriana, em que eles viviam situações/apostas meio que sem pé nem cabeça, mas sempre com um misto de sentimentalismo. E foi isso o que aconteceu. Foi apenas um agradável reencontro que serviu para eles lavarem a roupa suja de tudo o que viveram, tirando o final que, bem, espero que a história da Robin andar muito com os dois tenha tido um resultado complicado não exatamente para Ted, mas sim para Barney, que acabaria casando com a moça. Difícil imaginar isso como uma ameaça à amizade dos três, afinal, ela é a Aunt Robin, né?

Enfim… Enquanto Ted contava como foi o reencontro com Victoria (mais adorável do que nunca, diga-se de passagem), testemunhamos a conclusão de um dos planos mais trabalhosos e memoráveis de Barney: uma aposta que daria a ele a chance de chegar à segunda base com Lily, cuja preparação havia começado há meses! (“Lily, are you really suggesting that Barney spent six months commuting back and forth to Hoboken to learn a signature cooking style of a restaurant he doesn’t even like to win a bet he hadn’t even made yet? Yeah, the whole thing stinks.”). Muitos dizem que Barney já deu o que tinha que dar, mas é por tramas como essa que me faz ainda ter fé no personagem. Aliás, impagável Barney e Lily discutindo quanto tempo ele poderia pegar no peito da moça!

Espero muito que Nora apareça logo para acabarem de vez com sua participação na série. Afinal, como vimos aqui, os episódios sem Nora tendem a ser bem mais divertidos.

PS. Só eu que achou a Lily com a maior cara de Michelle de American Pie nas primeiras cenas do restaurante?
PS2. Por mais tosco que seja, adoro quando fazem uns jogos de palavras, tipo aquele da temporada passada (ou foi retrasada) com os nomes dos bares/baladas. Dessa vez foi o debate sobre a identidade do ex-namorado Klaus de Victoria:

-When you were living in Germany and we were doing the whole long distance thing… Wasn’t there a Klaus in your class?
-There was a Klaus in my class!…
-And you and Klaus were close…
-Not that close…
-Yes yes, you and the Klaus from the class were quite close!
-Kinda close…
-Was that…Your Klaus?
-My Klaus?
-In your class…
-In my class?
-Is your Klaus the kind of close Klaus from your class?…
-Yes!

2 Responses to HIMYM – 7.03 – Ducky Tie

  1. lucas disse:

    putz, verdade. nesse episódio, himym voltou a ser o que era. mas tipo, eu não acho a victoria adorável. ela é meio vesga, dá nervoso. (nada contra gente vesga, tenho vários amigos vesgos, hahhaha)

  2. Aécio Rocha disse:

    Quando How I Met Your Mother me faz lembrar de Coupling UK é porque sei que o episódio realmente foi bom. Toda a trama dos peitos da Lily parecia muito com a história do pessoal de Coupling fazendo fila pra olhar os peitos da Sarah. Putz, que saudade de Coupling!!!

    É uma alegria ver How I Met Your Mother nos divertindo e conseguindo apresentar episódios super legais quanto esse.

    P.S: A referência aos livros do Stieg Larsson foi sensacional!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: