News: Os vencedores do Emmy 2011!

Ah esse Emmy… a gente vê, xinga, odeia, fala que nunca mais vai assistir e um ano depois, lá estamos nós de novo vendo o número musical na abertura, as piadinhas marotas dos apresentadores, a noite começando com vencedores bacanas, passando a impressão de que enfim eles vão dar os prêmios pra quem merece… até chegar nas categorias principais e chegar no mesmo ponto que levou todo mundo a falar que odeia, a xingar e falar que nunca mais vai assistir. Como a gente não consegue sair desse ciclo de amor e ódio com premiações, hora do tradicional post com os vencedores do Emmy 2011 e meus comentários sobre as vitórias!

E em Melhor Série de Comédia, a vitória foi uma das mais óbvias da noite: o prêmio foi pra Modern Family, pelo segundo ano consecutivo. Muita gente sabia que a série ia ganhar mas não estava gostando muito disso. Bem, eu gostei, e muito. De fato a 2ªtemporada não foi tão fantástica quanto a 1ª, mas putz, a série continua uma das coisas mais divertidas da TV atualmente e de um alto nível de que não se vê em qualquer lugar. Achei a vitória merecida.

Não sei o que comentar mais aqui, sério. Acho que já esgotei todas as minhas variações de “A série é boa, mas não consigo entender porque a Academia vê ela como o Santo Graal da televisão atual e só dá o prêmio pra ela desde que a série começou”. Bem… em Melhor Série Dramática, quem levou, maaaaaaais uma vez, foi Mad Men. Nos outros anos, por mais que outras séries fossem boas, dava pra entender as vitórias. Mas nesse ano a categoria estava boa o suficiente para tirar QUALQUER chance da Academia cair na mesmice de novo. Tinha o alto nível de Boardwalk Empire, a épica Game of Thrones, a temporada final da sempre elogiada Friday Night Lights e The Good Wife, série tão querida e amada de @aeciorocha e aclamada por público e crítica… mas contrariando todas as expectativas, a Academia preferiu deixar tudo do jeito que estava. Tá, Mad Men é ótima mesmo, mas já deu né? Entendemos isso faz um tempinho…

Eu tenho quase certeza que quando esse nome foi anunciado, @ZePicelli levantou, pulou, gritou e dançou alegremente no meio da sala. E não é pra menos. Em Melhor Ator em Drama, o grande vencedor foi Kyle Chandler, contemplado pelo seu admirável trabalho em Friday Night Lights. Desde que a série começou todos os fãs sonham em ver ela nas premiações e ver Chandler, que sempre fez um trabalho tão competente, finalmente sendo reconhecido, é ótimo. Confesso que não esperava que a Academia fosse premiá-lo, mas fiquei feliz por isso. Mereceu muito. Só fiquei esperando ele fazendo o grito do Panthers no final do discurso, mas ok, hehehehe…

A grande vencedora de Melhor Atriz em Drama foi Julianna Marguilies, pelo seu elogiado trabalho em The Good Wife. Os fãs de FNL clamavam por Connie Britton, mas o prêmio pra Marguilies foi digno e merecido. A série é a único drama na TV aberta que vem recebendo grandes elogios de público e crítica e para a maioria, ela é quase a grande responsável por isso. É triste porque Britton não terá outra oportunidade nesse papel, mas gostei, de qualquer maneira.

Certo… todo mundo que acompanha o blog sabe que eu ainda gosto muito de The Big Bang Theory, mas mesmo assim, a Academia pisou na bola e pisou feio hein. Em Melhor Ator em Comédia, o vencedor foi Jim Parsons, deixando Steve Carell sair oficialmente de mãos abanando da categoria, já que ele saiu de The Office na última temporada da série. Sheldon foi uma excelente piada que deu maravilhosamente certo nas primeiras temporadas, rendendo um Emmy que foi de fato merecido para ele. Mas esse segundo, ainda mais com Carrell no páreo, foi um erro. Até porque, por mais que ainda goste da série, Sheldon está ficando cada vez mais forçado. Difícil entender a Academia as vezes…

Essa ninguém MESMO estava esperando! Quando todas as apostas estavam voltadas para Amy Poehler, Tina Fey ou Edie Falco, quem levou o prêmio de Melhor Atriz em Comédia foi Melissa McCarthy! O momento que a categoria foi anunciada, diga-se de passagem foi talvez o melhor da noite. Amy Poehler subiu ao palco inesperadamente quando seu nome foi anunciado entre as indicadas e as outras, que aparentemente não estavam esperando por isso, foram logo atrás dela e logo todas estavam juntas no palco, rindo e se abraçando emocionadas. Foi bem engraçado. No fim, foi a protagonista de Mike e Molly que levou, com direito a coroa e buquê de flores (!!!). Vi alguns episódios aleatórios da série e de fato ela tem talento e é engraçada (o que, como bem lembrou Edie Falco ano passado, é um pré-requisito meio necessário para ganhar de Melhor Atriz em Comédia), mas há controvérsias sobre a sua vitória, já que quem é fã de Parks and Recreations afirma que já passou da hora de Amy Poehler ganhar um Emmy.

Aeee! Muita gente não estava esperando, mas em Melhor Ator Coadjuvante em Drama, o vencedor foi Peter Dinklage, de Game of Thrones! Seu papel na série é sensacional, provavelmente uma das melhores coisas da história toda. É exatamente para quem estava torcendo na categoria e foi bem merecido. Uma das melhores vitórias da noite, sem dúvida. Agora, ano que vem, hora de indicar John Noble por Fringe não é mesmo?

Nunca vi um mísero segundo de Justified, então não tenho muito o que comentar aqui. Em Melhor Atriz Coadjuvante em Drama, a vencedora foi Margo Martindale. Só uma coisa: beleza, a série já passou nos EUA mas pow, COMO ASSIM a mulher solta um MEGA-spoiler no discurso, assim, numa boa, em transmissão exibida mundialmente? Vou te contar viu…

O trabalho de Chris Colfer em Glee pode até ser sido lindo e maravilhoso como todo mundo disse, mas sério… em Melhor Ator Coadjuvante em Comédia o prêmio TINHA que ir para Ty Burrell, de longe, a melhor coisa de Modern Family na 2ªtemporada. Phil, seu personagem na série, conseguia ser engraçado sem precisar falar nada e o ator estava mais confortável do que nunca no papel, dando um show episódio a episódio. Tudo bem que no vídeo dos indicados eu vi que o episódio submetido pra Ed O’Neill foi aquele de Jay batendo na carne e gritando em que o ator merecia um prêmio só por essa cena, mas no conjunto da obra, é fato que Burrell merecia bem mais.

Muita gente não gostou dela na 2ªtemporada, mas adorei ver que em Melhor Atriz Coadjuvante em Comédia, a vencedora foi Julie Bowen, pela sua atuação como Claire em Modern Family. Sim, lá pra metade da temporada ela despirocou um pouco e ficou meio caricata, mas eu gosto da personagem e acho que Bowen consegue ser engraçadíssima, indo bem além da “mãe rígida”, só ver o episódio em que os Dunphy ficam sem Internet pra ter uma ideia do que estou falando. Não sei se foi esse o episódio submetido para atriz, mas se foi, explica perfeitamente a sua vitória. E uma pena Sofia Vergara não ter ganhado ano passado, porque sua personagem sim, ficou absurdamente caricata e a não ser que algo mude radicalmente nessa nova temporada de Modern Family, bem difícil dela ganhar um dia.

____________________________________________________________________________________________

Outras categorias:

Melhor Direção em Série Dramática: Martin Scorsese – Boardwalk Empire
Melhor Roteiro em Série Dramática: Jason Katims – Friday Night Lights
Melhor Direção em Série de Comédia: Michael Alan Spiller – Modern Family
Melhor Roteiro em Série de Comédia: Steve Levitan, Jeffrey Richman – Modern Family
Melhor Ator Convidado em Série Dramática: Paul McCrane – Harry’s Law
Melhor Atriz Convidada em Série Dramática: Loretta Devine – Grey’s Anatomy
Melhor Ator Convidado em Série de Comédia: Justin Timberlake – Saturday Night Live
Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia: Gwyneth Paltrow – Glee
Melhor Elenco em Série Dramática: Boardwalk Empire
Melhor Elenco em Série de Comédia: Glee
____________________________________________________________________________________

Minisséries, Filmes para TV, Reality Shows e Variedades:

Melhor Minissérie ou Filme pra TV: Downtown Abbey
Melhor Ator em Minissérie/Filme pra TV: Barry Pepper – The Kennedys
Melhor Atriz em Minissérie/Filme pra TV: Kate Winslet – Mildred Pierce
Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie/Filme pra TV: Guy Pearce – Mildred Pierce
Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie/Filme pra TV: Maggie Smith – Downtown Abbey
Melhor Reality Show: The Amazing Race
Melhor Programa de Variedades: The Daily Show With Jon Stewart
Melhor Apresentador de Reality Show: Jeff Probst – Survivor

_______________________________________________________________________________________________

No mais, fui pego de surpresa (assim como todo mundo, acredito) com Charlie Sheen aparecendo pra anunciar a categoria de Melhor Ator em Comédia. Tá MUITO na cara que ele está absurdamente arrependido com tudo que rolou mas… agora a merda já foi feita não é mesmo? Sem contar que ele tá bem destruído hein? Drogas é um negócio complicado… De qualquer maneira, o cara já tá todo bonzinho, desejou o melhor pra Two and a Half Men e bora ver no que vai dar. Quanto a apresentação, Jane Lynch tava mega-inadequada no começo, mas até o fim da apresentação conseguiu soltar umas sacadas bem engraçadas e ficou mais confortável como apresentadora. Curti.

E você? O que achou da premiação? Gostou dos vencedores? Indignado com alguma vitória? Comemore, xingue e dê seus pitacos nos comentários! Afinal, é assim que as premiações ficam legais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: