The X Factor UK 8×01 – London/Birmingham Auditions

The brits are back!!!

E estamos oficialmente de volta!!!

Acho que nunca fiquei tão animado com a fase das audições, só pela prévia de alguns segundos no começo do episódio já da pra perceber que vamos ter vários barracos entre os jurados e candidatos.

Um tal de “quem diabos é você” pra Tulisa, Kelly tentando parecer brava, Gary mandando alguém calar a boca e perguntando se é tarde demais para pedir demissão e Louis sendo tão inútil que nem cinco segundos de material interessante conseguiram arrumar para ele.

Gente, vamos ter até o Dermot perdendo a cabeça com algum candidato!!! Se a edição não estragar tudo, teremos os melhores episódios de audições EVER!

Enfim, chega de bla bla bla, vamos as audições de Londres e Birmingham.

Frankie Cocozza – 18 – “Valerie” (The Zutons): O que esperar de alguém que declara que seu maior sonho é dormir com o maior número de mulheres, que sua vida se resume a acordar de manhã e tentar lembrar o que aconteceu na noite anterior e que espera alcançar fama e dinheiro para esfregar na cara da sociedade?

O pior de tudo é que ele ainda revela que tem 7 nomes tatuados na bunda e decide mostrar! #KillMe

A voz não é ruim, mas também não é grande coisa… Sempre tenho um grande problema com esse tipo de pessoa que se acha Voldemort, mas que na verdade é só Rabicho…

Tenho o péssimo pressentimento que se ele chegar à fase do Judges’ House, ele acaba indo para o Top 12.

Kitty Brucknell – 26 – “The Edge Of Glory” (Lady Gaga): Declara seu estilo como diva glam pop e já vem com uma equipe completa de maquiadores, estilistas e produtores (Aí! Nem precisam gastar muito dinheiro).

Sua versão à capella de “The Edge Of Glory” foi relativamente impressionante, sua voz é forte e sua interpretação teve emoção na medida certa. Ela precisa melhorar sua dicção e evitar ir muito além do seu limite para não derrapar nos vocais de uma forma desagradável.

Se Kitty não tivesse decidido sentar no palco e começado a falar sem parar… Muita gente da audiência já foi de “te amo” a olhares de “vaca metida”. É de se esperar que alguém que diz ter levado tanto “não” na indústria da música, tomasse um pouquinho mais de cuidado para não se apresentar como uma pessoa desagradável.

E Kelly Rowland está certa, é assustador ter alguém que passe de humilde a confiante e deslumbrada demais em questão de minutos.

Tipo, quem que começa a distribuir autógrafos depois de uma audição???!!!!

E esse segmento mostrando que Gary Barlow é exatamente o oposto tipo de jurado que eu esperava?

Sem medo de dizer como o candidato canta mal de uma forma, as vezes, maldosa… #LoveHim

Goldie Cheung – 48 – “Proud Mary” (Tina Turner): Acho que nem Deus entendeu o que essa tia disse que iria cantar como primeira música.

E para alguém que estava vomitando sem parar antes de entrar no palco, a energia estava ótima. Ela praticamente encoxando o Gary e sensualizando a todo o momento foram momentos hilários.

Achei ela uma espécie de Wagner (sim! Aquele bizarrice brasileira da ultima temporada)… Ela é tão bizarra e canta mal pra caramba, mas chega a ser meio fascinante de se ver essa quase cinquentona rebolando feita louca.

Já esperava que o Louis desse um “sim” para Goldie, afinal estamos falando da mesma pessoa que lutou por Jedward e Wagner… Mas Tulisa e Kelly??? Não!!! Cortem o mal pela raiz!!! Gary parece ser o único sensato, já prevendo o pesadelo que essa brincadeira pode se tornar.

Janet Devlin – 16 – “Your Song” (Elton John): Garota que mora literalmente no meio do nada e com problemas de autoconfiança.

Nos primeiros 5 segundos escutando ela cantar eu logo pensei “16 anos, muito inexperiente e sem confiança, precisa esperar mais alguns anos”, mas conforme a música foi progredindo, ela foi ficando mais relaxada e mais conectada com a música. Seu tom é gostoso, doce e possui algo que torna sua voz distinta. Senti a mesma vibe quando vi Diana Vickers pela primeira vez.

Eu já me apaixonei… Sua inocência caiu como uma luva na interpretação da música, bem similar a versão da Ellie Goulding.

Acredito seriamente que ela é pelo menos um Top 6 nesta temporada.

Rezo muito para que ela fique na categoria do Gary ou Tulisa, acho que eles serão capazes de ajudar a cultivar a confiança e a técnica vocal dela.

Audição teria sido perfeita se a respiração da Janet não fosse tão pesada, mas isso é algo que ela irá se livrar com o tempo.

E quase entrei em êxtase depois de escutar o lindo vocal da Janet e logo em seguida escutar a versão do Ewan McGregor.

George Gerasimou – 19 – “Give Me Everything” (Ne-Yo): Já foi candidato barraqueiro em 2009, daqueles que saem insultando os jurados e mundo inteiro ao ser dito a verdade. George diz que ele não é mais aquela pessoa revoltada, que agora é uma pessoa calma que sabe receber criticas e aprender a partir delas. #SentemosClaudia

No minuto em que é interrompido e as criticas começam, já começam os sinais de atitude (bico de pato, olhos revirando loucamente e caras e bocas), mas nada se compara ao momento em que ele começa a dizer tudo o que pensa sobre os jurados, chamando Tulisa de Cheryl do lixão ou algo parecido e de bitch, e dizendo que Gary se parece com um cachorro nos bastidores.

Uita, é com ele que Dermot perde um pouco da compostura e manda ele tomar cuidado com o que diz.

Tipico fame whore.

E isso foi a première da 8ª temporada de The X Factor UK, um pouco de talento, alguns meio medíocres e o barraco armado de sempre.

O episódio inteiro foi focado mais para nos dar uma ideia de como os jurados são do que mostrar fortes candidatos, então tenho bastante fé de que o segundo episodio seja mais interessante.

Quanto aos jurados, não senti tanta falta do trio que nos deixou como achei que sentiria… Tulisa é bem parecida com Cheryl, só que uma versão com mais humpf; Kelly é melhor do que esperava, mas ainda não estou totalmente convencido; Louis pode ir para ao asilo a qualquer momento que eu não reclamaria; e Gary foi o que mais me surpreendeu… Achei que ele ia ser simpático e preocupado com o sentimento alheio e quebrei a cara. Nem o Simon era desse jeito no programa britânico, salvo algumas ocasiões claro. Pelo menos ele diz o que todos pensam e tem medo de dizer e por isso já é meu jurado favorito.

Em relação aos candidatos, minha favorita sem duvidas foi Janet Devlin, adorei tudo sobre ela.

Frankie pode ser eliminado a qualquer dia e hora que estarei esperando com um balde de pipoca para aproveitar o momento.

E sinceramente espero que Kitty perceba que sua personalidade será o que irá derrubá-la na competição e sempre se lembre dos “nãos” que já recebeu na vida para mantê-la humilde, como a própria Kelly já disse.

2 Responses to The X Factor UK 8×01 – London/Birmingham Auditions

  1. Everton disse:

    Excelente blog!! Sou apaixonado pela série… já está nos favoritos!!

  2. Jana disse:

    É acho q a unica que realmente salvou dessa foi a Kitty, ela tem uma otima voz realmente…só achei ela meio ‘é já to podendo’ mesmo como vc disse. E vamo combinar, o que foi aquela tiazona de Hong Kong? o proximo Wagner versão feminina? uahauhuaha… e como sempre os clássicos barracos….cara doido hien #Medo!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: