REVIEW: American Idol 10.34 – Top 4 – Songs That Inspire / Leiber & Stoller Songbook

E estamos a uma semana das visitas às cidades natais do Top 3, mas alguém irá para casa sem o glamour após esta noite de apresentações. 

Para esta semana temos dois temas: “Músicas que inspiram” durante a primeira rodada e “Músicas de Leiber & Stoller” para a segunda rodada.

James Durbin – “Don’t Stop Believing” (Journey): “Blab bla bla, nunca parei de acreditar”.

Alguém mais já esta cansado de escutar essa música? E entrar no palco perguntando se o público conhece a música, WTF… Só quem mora em uma caverna não conheceria depois que a onda Glee começou.

Não gostei da escolha, já escutei tantas versões que seria uma das que eu ficaria muito feliz se nunca mais escutasse. Além disso, não é o tipo de material que fica convincente na voz do James.

Vocais começaram bons, mas não tão bons quanto os jurados disseram. Faltou energia e carisma pra empolgar.

Haley Reinhart – “Earthsong” (Michael Jackson): Não adorei a escolha, mas pelo menos ela não escolheu “Man In The Mirror”.

Ela começou bem, mas assim que ela começa a exagerar no “rosnado” em certos momentos não gostei tanto, se ao menos ela tivesse diminuído a intensidade dos “rosnados” teria ficado uma versão melhor. É tudo uma questão de saber quando usar, diminuir, aumentar… Ainda assim, achei melhor do que a apresentação do James.

O trunfo da Haley é que era possível ver a conexão e paixão que ela criou com a música, mas nem sempre paixão e conexão com a música superam exageros vocais.

Só pelo tom de voz com que a JLo começou a falar já dava para perceber que Haley ia ser esquartejada pelos comentários. JLo dizer que James colocou o nível das performances lá em cima é uma coisa para se dar risada, mas o que mais me irritou foi o modo como Randy basicamente disse que foi uma droga pois não se comparava aos vocais e as firulas de Michael Jackson e que ela gritou a música, criticas que fizeram com que a minha pequena heroína se cansasse de ser a piñata, pegasse o bastão das mãos do Randy e o acertasse de volta com comentários irônicos sobre os comentários, virando quase uma discussão num daqueles programas da Marcia Goldschimit (sei lá como se escreve o nome dessa mulher).

O único que veio ao socorro de Haley foi Steven, que finalmente acordou de seu transtorno que o impedia de dizer algo além de “foi lindo” e defendeu passionalmente a apresentação da Haley.

Eu concordo com os jurados de que a performance não foi ótima, mas criticá-la da forma como a criticam semana após semana (mesmo quando ela entrega as melhores performances semanalmente) enquanto outros entregam performances basicamente no mesmo nível ou até inferiores e recebem elogios absurdos é de enfurecer qualquer um, fica bastante claro que os jurados/produtores possuem seus favoritos ao titulo e querem fazer de tudo para tirar qualquer pessoa que possa destruir a “final dos sonhos”.

Scotty McCreery – “Where Were You When The World Stopped Turning” (Alan Jackson): Provavelmente a escolha mais inteligente desde Kristy Lee Cook com “God Bless The USA”, o garoto conseguiu encontrar uma música que cobria desde Deus aos eventos de 11 de Setembro, só por isso ele já conseguiu garantir uma vaga no Top 3, fato.

Foi bom, nada de extraordinário… Basicamente voltou a fazer a mesmice que ele fez do Top 13 ao Top 7. Been there, done that buddy.

E pra variar, chuva de babação de ovo dos jurados.

Lauren Alaina – “Anyway” (Martina McBride): Adorei a primeira parte da música, a voz casou perfeitamente com a música, mas para melhorar ainda mais eu teria não teria deixado as backing vocals e o restante da banda entrarem quando entraram, só ela e o piano já estava perfeito em minha opinião. Eventualmente entraria com a banda, mas não tão de repente perto do refrão, e sim aos poucos.

Acho que ela não sustentou tão bem um determinado momento no refrão, mas essa é possivelmente a minha apresentação favorita da Lauren desde “Turn On The Radio”.

Primeira rodada encerrada, Lady Gaga será a mentora para as “músicas de Leisber & Stoller”, mas antes nada melhor do que sal na ferida, exatamente o que Randy faz ao declarar empate para a primeira rodada entre todos os participantes, exceto Haley.

Tipo, por acaso ela é o anticristo e eu não recebi o informativo?

Haley Reinhart – “I (Who Have Nothing)” (Ben E. King): Quando vi a escolha da Haley achei que ela já estava cansada de tudo e tinha decidido cometer suicídio Idolistico ao cantar a música que deu O MOMENTO para a Jordin Sparks.

Durante os ensaios Lady Gaga diz que foi perfeito, mas sugere que Haley incorpore mais drama na performance.

Na minha cabeça tinha tudo para dar errado, achando que ela pecaria em colocar emoção, sua voz “quebraria”, seria uma versão inferior à da Jordin, etc… Mas quem diria que a “little pony” poderia fazer um trabalho excelente com a música, tão bom quanto sua apresentação de “House Of The Rising Sun”? Eu diria nunca.

A versão da Haley não tem aquele fator “assim que você terminar de cantar, irei me jogar da ponte de tão depressivo que fiquei”, é uma abordagem mais agressiva. Nunca pensei nessa música como se a pessoa desejada deveria se preocupar em ter um possível momento Kathy Bates em “Louca Obsessão” (filme totalmente AWESOME BTW).

Haley ganha aplausos em pé dos jurados, não que a opinião deles importe mais…

Scotty McCreery – “Young Blood” (The Coasters): Lady Gaga mandando Scotty basicamente se agarrar com o microfone foi no mínimo interessante. O coitado ficou tão traumatizado que começou a beijar o crucifixo.

Pior escolha de música da noite, foi engraçadinho, mas simplesmente irrelevante… A música não ofereceu nenhum desafio vocal e a apresentação não saiu do lugar. As caretas irritantes apareciam a todo o momento e se Simon estivesse no programa, com certeza ele diria que foi algo similar a pai/tio/irmão bêbado cantando em algum casamento/karaokê.

Mas escolher uma música idiota e fazer um vocal preguiçoso não é importante se o Scott está se divertindo. Ensaios

Lauren Alaina – “Trouble” (Elvis Presley): Gostei da escolha, mas por que escolher essa música se você não quer cantar partes da letra dela mulher??? Perdão, garota!!

E qual é, “não quero que o país ache que sou má” se referindo à letra “because I’m evil…”, é uma desculpa um tanto esfarrapada.

Aee, onde estava essa atitude quando ela cantou “Flat On The Floor” ou “I’m The Only One”?

Adorei a primeira metade da música, mas como estava tudo bom demais para ser verdade, à partir do momento em que ela fica cantando “I’m evil, evil, evil…” passei a odiar o rumo meio rodeio (não sei como descrever) que a música tomou.

É uma evolução na questão de performer, o que realmente estragou a performance foi o arranjo da segunda metade da música. Ensaios

James Durbin – “Love Potion Nº 9” (The Clovers): Lady Gaga agarra os quadris do James para que ele se relaxe e o ajude a incorporar a música em seu corpo.

Não conheço a música original, mas tenho certeza de que não é tão rock como a versão do James. Me entreteu, foi uma apresentação crível, bons arranjos e vocais ótimos (só odiei a última nota que achei meio desafinada).

Não sei, nada me tira que a credibilidade e a esperança de que o programa poderia sobreviver sem Simon Cowell está indo por água abaixo, ainda mais quando temos o TVLine mostrando através da coluna Idoloonies momentos no programa que normalmente passam despercebidos durante a emoção do programa, os jurados discutindo que esqueceram de cobrir criticas que já estavam no papel e até mesmo um comentário do Randy dizendo que não vai torcer pela Haley que foi abafado pelos gritos histéricos do público. Vejam aqui e tirem suas conclusões.

Minhas performances favoritas foram Haley com “I (Who Have Nothing)” e James com “Love Potion Nº9” e a pior em minha opinião foram as do Scotty.

Minhas escolhas:

Músicas que inspiram: Ryan Star – “Breathe”, Carrie Underwood – “Change” ou “Wheel Of The World”, CCR – “Long As I Can See The Light”.

Leiber & Stoller: Não tenho idéia, talvez “Stand By Me” ou “I (Who Have Nothing)”.

*Créditos dos vídeos demarcados: MJSBIGBLOG

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: