REVIEW: American Idol 10.30 – Top 6 – Carole King

Tema certo, temporada errada?

O tema da noite são músicas da grande cantora/compositora Carole King, aquela que me fez apaixonar por suas músicas com a famosa “Where You Lead”, que serviu de abertura para a série Gilmore Girls (saudades da Lorelai e da Rory, e de toda Stars Hollow… Ai ai, bons tempos).

Apesar de adorar esse tema, em minha opinião, o tema veio 3 temporadas tarde demais. Me digam se não teria sido o tema perfeito para a 7ª temporada, com candidatos com a sensibilidade e vozes como de David Cook, Carly Smithson, Archie, Michael Johns e obviamente a quase encarnação da própria Carole, Brooke White. #MissYouGuys

Falando em Brooke White, vamos matar saudades dela com uns vídeos dela cantando Carole King? Um dos vídeos ela está com apenas 16 aninhos e outro dela durante a Hollywood Week cantando uma das minhas músicas favoritas.

Enfim, chega de relembrar e vamos para o que interessa.

Além das performances individuais, teremos também duetos!!! Será que teremos um momento Adam Lambert & Allison Iraheta com “Slow Ride” ou Crystal Bowersox & Lee DeWyze com “Falling Slowly”?

Babyface será o co-mentor ao lado de Jimmy. Babyface já trabalhou com Carole, Stevie Wonder, Whitney Houston, Eric Clapton, Fall Out Boy e muitos outros, além de fazer sucesso com suas próprias músicas.

Jacob Lusk – “Oh No Not My Baby”: Jacob ficou abalado com suas quase eliminações nas últimas semanas, a ponto de deixá-lo em duvida se agüentaria a competição por muito mais tempo.

Não conhecia essa música e é basicamente o que ele precisa, uma música que saia do padrão ZZZZzzzzzzzzzz que ele vinha fazendo semana a semana.

Primeiro de tudo, grande WTF pra essa roupa… Tive que assistir o começo duas vezes de tão distraído que fiquei com a roupa.

Depois de várias semanas, finalmente gostei de algo do Jacob. Vocal animado que casou bem com a música, algumas desafinações aqui e ali, mas que para mim foram compensadas nos riffs no final da música.

Lauren Alaina – “Where You Lead”: Aí é que está o problema da Lauren e de alguns outros candidatos (Oi Scotty!), ela tem medo de tentar algo novo com seus vocais, nesse caso tentar alcançar novas um pouco mais altas.

Miley Cyrus aparece para dar um up na confiança da pequena Lauren.

Ao mesmo tempo que AMO essa música, acharia melhor se ela tivesse ido em direção completamente diferente com a música, transformar a música em algo mais, quase que depressivo e com um certo desespero em perder a pessoa que você diga que fará qualquer coisa para estar perto da pessoa. Editada da forma certa, a letra certamente abre essa possibilidade… Bom, pelo menos na minha cabeça.

Ela cantou bem (não é o melhor vocal dela), deu uma leve desafinada nas notas mais altas (mas pelo menos ela tentou) e não sei por que ela decidiu arrastar e fazer um garoto sentar nas escadas só para logo em seguida ir andar atrás dos jurados.

Meio que gostei, meio que odiei no geral. Odiei por amar tanto a versão da Carole com a filha, e por ser obviamente o tema de uma das minhas séries favoritas, mas também pelo fato de ser uma música totalmente previsível para a Lauren, quero que ela escolha algo que mostre um pouco de diversidade e emoção de verdade, um momento Jordin Sparks com “I (Who Have Nothing)”. Why is she crying???

Casey Abrams & Haley Reinhart – “I Feel the Earth Move”: Como diria o Jim Cantiello: “They are totally f***ing”. Pra quem não sabe, há varias semanas surgem indicações de que eles estariam namorando. Eu digo “go for it”, são fofos juntos, tem ótima química dentro e fora do palco e Casey precisa aproveitar, que não é todo dia que ele irá conseguir alguém como a Haley.

Casey: “Eu gosto de rosnar com ela” – OK

Não é a melhor música para se fazer um dueto, queria vê-los cantar uma balada que mostrasse como suas vozes são ótimas e se complementam.

Para não perder o costume, Casey usou e abusou dos rosnados, o que acabou me irritando em boa parte da música e Haley foi melhor nos vocais, principalmente quando entrou no espírito da música e se soltou.

Eles já fizeram duetos BEEEM melhores nos episódios de eliminações.

Scotty McCreery – “You’ve Got a Friend”: Adorei que Jimmy e Babyface sugeriram que Scotty começasse a música de uma forma bem suave, sem seus maneirismos de cantor country.

Demorou umas 8 semanas, mas finalmente Scotty mostrou um lado diferente de seus vocais e não transformou a música em algo country.

Belos vocais, o melhor vocal dele desde sua audição, me apaixonei principalmente pela sua voz durante a introdução. E a emoção colocada nos vocais não precisa nem falar que foi o que transformou a performance em algo fantástico. Bem diferente de qualquer versao desta música que já escutei.

James Durbin – “Will You Still Love Me Tomorrow”: Uita, James revela que escolheu a música devido aos vários pedidos no fórum do site oficial do programa, vou jogar umas sugestões por lá também…

Babyface ficou extremamente impressionado com a versão do James e durante o ensaio vemos Jimmy sugerindo que a banda entre com ele em certo momento, dando ares mais interessantes e um chamativo a mais para a apresentação.

Introdução à capella foi ótima, gostei quando a banda entrou, deu um certo ar The Beatles… MAS! Achei que a voz do James ficou meio irritante em alguns momentos da música, não sei se foi escolha de nota errada ou se a música que não combinou muito bem com sua voz.

Ignorando as partes que o vocal não me agradou tanto, gostei bastante da apresentação.

Scotty McCreery & Lauren Alaina – “Up On The Roof”: Assim como Casey e Haley, Scotty e Lauren possuem ótima química musical juntos, pelo vídeo de introdução poderiam ser até irmãos.

Prova de que o maior obstáculo da Lauren são suas inseguranças são quase que obvias nos duetos. Em todos os duetos de que participou, Lauren sempre se mostrou mais solta, menos nervosa e muito mais segura de si quando acompanhada, resultando em vocais 100% melhores de suas apresentações melhores, se ela tivesse esperado uns 2 anos ou tivesse um pouco mais de confiança eu daria a vitória para ela sem piscar duas vezes.

Os vocais da Lauren ficaram lindos, tanto que quando tento relembrar deste dueto, só consigo lembrar da voz dela e não do Scotty.

Casey Abrams – “Heidi Ho”: Só porque eu disse que estava retirando minha torcida pelo Casey por não ser mais o mesmo artista que conheci no inicio da temporada ele decide voltar às suas origens? Seu puto, te amo… OK, não tanto quanto amo a Haley… Hehe

Me apaixonei pela apresentação toda, os vocais, ele se juntando ao pianista no começo, sua interação com cada músico e backing vocal, o fundo musical com música de strip tease. Sem dúvidas essa é a linha que Casey deveria estar seguindo, mas se eu pudesse mudar uma coisa  nessa performance, seria diminuir os rosnados do Casey um pouco mais. Possivelmente minha favorita junto com “Your Song”, “Georgia On My Mind” e “With A Little Help From My Friends”.

Haley Reinhart – “Beautiful”: Olha, eu simplesmente AMO o modo como a Brooke White cantou essa música (gosto mais do que a versão da própria Carole) e fiquei super feliz dela ter escolhido essa música, mas a ideia de dar uma vibe The Beatles para a música acabou me fazendo torcer o nariz.

Problemas técnicos antes mesmo da apresentação começar me distraíram, mas nada que ver a apresentação por uma segunda vez não resolvesse.

Fiquei surpreso de ter gostado do arranjo da música, adorei o modo como ela transitava de algo animado para momentos mais delicados e pessoais.

Haley evoluiu rapidamente em relação a sua desenvoltura no palco, faz tempo que ela não me lembra mais uma stripper wannabe.

Se essa fosse uma temporada normal de Idol, a evolução e performances da Haley seriam o suficiente para garantir um Top 4 ou até mesmo um Top 3 para a moça, mas não consigo entender o motivo pelo qual ela se encontra entre os menos votados quase que semanalmente, será que ela começou a evoluir tarde demais para angariar fãs fieis?

PELAMORDEUS VOTEM EM MIM!!!!

Jacob Lusk & James Durbin – “I’m Into Something Good”: Quando vi que James teria que fazer o dueto com Jacob, tive um flashback do desastre que foi o dueto do Kris Allen com o Danny Gokey (Sim! Acho o Jacob tão irritante quanto o Danny Gokey, mas se serve de consolo, Jacob é um cantor muito melhor) e já me preparei para ficar desconfortável de tanta vergonha alheia.

Foi vergonhoso? Foi. Foi o melhor dueto? Não. Mas mesmo assim foi bastante divertido, quase que um prazer culposo, exceto que não tenho a vontade de rever por uma segunda vez. Highlight da apresentação foi eles puxando a cadeira da JLo e ela tendo trabalho para não acabar mostrando demais devido ao vestido extremamente curto. O mundo inteiro agradece sua escolha de vestuário Jennifer. #Piscadinha

Melhor da noite sem qualquer sombra de duvida foi o Scotty com sua impecável performance, Casey voltando as suas origens e distantemente Haley foi a terceira que mais me agradou.

Quanto aos piores da noite, não sei se teve alguém que foi horrível a ponto de merecer uma eliminação, mas o que pra mim é bastante claro é que a hora de Jacob chegou e basicamente nada pode salvá-lo, ele já nos mostrou tudo o que podia e não há nada mais de novo ou empolgante que me faça quere-lo por mais uma semana no lugar dos outros.

Minhas escolhas para semana seriam na seguida ordem: “So Far Away”, “Beautiful” com apenas piano e violão acústico e “Where You Lead” do modo que descrevi na sessão da Lauren.

Vem pro abraço e me contem o que acharam.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: