The Amazing Race 18.03 – “We Had a Lot of Evil Spirits Apparently”

Maôe baixinhos e baixinhas, chegou a hora de mais um emocionante episódio dessa turminha do barulho que só se mete em confusão viajando pelo mundo. (Silvio? Xuxa?)

Como o último pit stop se encontrava no meio do nada, todas as duplas foram transportadas de trem de volta para a civilização de Sydney.

As duplas foram instruídas a voar para Tóquio, Japão e encontrar sua próxima pista próxima a um estacionamento do aeroporto.

Os times acabaram se dividindo em dois vôos, o vôo direto que chegava ao destino às 6h15 e um vôo que passava por Hong Kong que chegava às 6h00. Muitas duplas se preocuparam com o fato do segundo vôo poder sofrer com algum tipo de atraso e acabarem chegando atrasados para chegarem ao destinho, mas outros pensaram mais nos benefícios que 15 minutos iriam fazer e decidiram arriscar (Zev & Justin, Mel & Mike, Kent & Vyxsin, Margie & Luke e Jamie & Cara).

Risco que acabou sendo totalmente desncessario, uma vez que Murphy decidiu trabalhar novamente e fazer com que o vôo das 6h00 tivesse problemas mecânicos, atrasando os times em uma hora e meia.

Chegando ao estacionamento, os times aguardaram seu carro descer do estacionamento em uma espécie de elevador giratório (essa é a melhor explicação que consegui pensar… haha), sair da cidade e prosseguir para Yabusame Dojo, onde está localizado o RoadBlock.

Muitas duplas sofreram para dirigir dentro da cidade, já que a maioria das placas de sinalização estavam em japonês.

Mesmo com um mapa, Jet & Cord não sabiam dizer se estavam indo na direção certa, não pararam para pedir direções e simplesmente decidiram continuar dirigindo, o que é normalmente um sinal de que a dupla está prestes a se enterrar, mas por muita sorte os cowboys acabaram seguindo na direção certa.

O maior “choque” do episódio foi o tão esperado preview da promo da semana passada, do possível acidente de transito em que Jaime & Cara se meteram, mas que na verdade foi simplesmente a Jaime dirigindo muito próxima aos demais carros e quase arrancando o retrovisor de um cidadão drama queen que decidiu chamar a policia em vez de lidar com a seguradora (tenho certeza que o cara viu a câmera e queria ter certeza de que iria aparecer na TV haha) e tomando muito tempo das ruivas.

RoadBlock – Um membro da dupla deve se vestir como um samurai, aprender um ritual (uma espécie de coreografia), e após apresentarem o ritual corretamente, serão girados em um cavalo de madeira e deverão atingir o alvo utilizando arco e flecha.

Ron é o primeiro a começar o RoadBlock e já começa reclamando que Christina deveria estar fazendo o desafio (repararam que é um habito dele sempre reclamar que a Christina que deveria fazer os RoadBlock né?) e tem bastante dificuldade em aprender o ritual.

Após alguns times alcançarem Ron & Christina, Jen é a primeira a chegar e rapidamente completar o RoadBlock e deixar Ron, Gary, Justin e Flight Time comendo poeira.

Quando Jaime & Cara finalmente chegam ao RoadBlock, ficam surpresas ao verem que ainda há times fazendo o desafio (Luke, Mike, Kent e Cord), mas a alegria dura pouco já uma vez que todos terminam rapidamente o trabalho.

Detour – As duplas devem escolher entre Prayer Of Purity – Um ritual de pureza no qual devem aprender uma reza (vocal e física) e após isso, entrar no meio da floresta até encontrar uma cachoeira (com água vindo diretamente do Monte Fuji), onde deveriam ficar diretamente abaixo da queda por um minuto em águas extremamente geladas.

Já em Frog Of Luck as duplas deveriam se vestir no que chamaria de fraldas, entrar em um campo de lama para procurar um sapo de plástico enquanto habitantes locais os atacam com bolas de lama.

Flight Time & Big Easy e Ron & Christina são os únicos a escolherem Prayer Of Purity, tudo ocorre muito bem até que Flight Time & Big Easy acidentalmente ou não, pegam a pochete contendo documentos, passaportes e dinheiro de Ron & Christina do local onde pai e filha deixaram e levaram a pochete de volta aos vestiários quando perceberam o erro cometido, custando bastante tempo à Ron & Christina para descobrirem aonde sua pochete foi deixada. (Olha, acredito que foi proposital simplesmente porque os pertences das duplas foram deixadas em lados diferentes, teria que ser muito burro para não perceber que estava levando os pertences de outra dupla… Mas enfim, nunca saberemos ao certo).

Zev & Justin e Gary & Mallory foram os primeiros a chegarem à Frog Of Luck e também os primeiros a completarem a prova, com uma certa vantagem da dupla de amigos que completaram a prova primeiro. Justin ficou tão animado com a possibilidade de terminarem a etapa novamente em primeiro lugar que decidiu nem colocar suas calças, dirigindo e descendo do carro pedindo direções apenas de cueca.

Cord acreditava que o sapo que deveriam encontrar era de verdade e ficou esperando escutar o coaxar dos sapos, até que descobriram que os sapos eram na verdade de plástico.

Vyxsin se jogou na prova sem medo de se sujar, enquanto Kent ficou aparentemente com medo de se sujar. Isso deixou Vyxsin tão irritada que ela deu umas alfinetadas no parceiro quando ele perguntou se ela também sentiu frio durante a prova, para o qual ela respondeu “Não, eu estava realmente trabalhando para encontrar (o sapo)”. Ouch garoto porcelana. Vysin é mais macho do que o Kent. #Fato

Mel & Mike sofreram bastante com a dificuldade em se locomover pela lama, principalmente Mel, e com o frio. A dupla ficou tanto tempo na prova que Mike teve que implorara para que o pai parasse a busca e fosse ser atendidos pela equipe médica por conta do frio.

Tempo suficiente para que Jaime & Cara, que então estavam BEM atrás de todas as duplas alcançassem pai e filho no Detour.

Zev & Justin merecidamente conseguiram mais uma vitória consecutiva, com Gary & Mallory em 2º lugar e Flight Time & Big Easy chegando em 3º.

Ron & Christina chegaram ao Pit Stop em 4º lugar, e Christina visivelmente irritada confessou sua frustração em relação ao incidente da pochete, o que levou Phil a dar uma penalidade de 30 minutos à Flight Time & Big Easy, deixando pai e filha oficialmente na 3ª colocação.

Jaime & Cara, que não viram nenhuma dupla desde o RoadBlock acreditavam cegamente que estavam na última posição, tanto que ao chegar no Pit Stop já se declararam eliminadas antes mesmo que Phil desse o veredicto. Um milagre para as cheerleaders, que dão os devidos créditos à “diarréia de panda” na cabeça da Cara (que na verdade é só lama).

Até o momento, estou extremamente feliz com as eliminações, já que as duplas que eu achava que nem deveriam estar na corrida estão rapidamente sendo eliminadas.

Estou gostando das provas, mas sinto falta das provas mais extremas e desafiadoras que tínhamos nas primeiras edições do programa, é tudo muito “seguro” haha.

No geral, o episódio manteve o ótimo nível dos últimos dois episódios, mas confesso que fiquei levemente desapontado com o acidente da Jaime & Cara. Eu achava que ela tivessem realmente batido o carro ou até mesmo atropelado alguém de leve, mas enfim, esse é só o meu lado psicopata falando.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: