Review: After Lately S01E01 – “The List”


This is my staff. They’re idiots!” (HANDLER, Chelsea)

Com essa frase começa After Lately, a mais nova empreitada televisiva da sempre hilária Chelsea Handler. O “mockumentary” do E! Entertainment Television mostra os bastidores do talk show da Chelsea e, com certeza, promete ser um presente para todos os fãs da comediante e para todos aqueles que gostam de humor negro caprichado, de piadas completamente inapropriadas e que estão procurando alguns minutos de boas risadas.

Pra começo de post declaro logo que sou fanzóide da Chelsea Handler há muito anos. Desde muito antes dela ser esse sucesso que é hoje, eu já gargalhava dos comentários que ela fazia naquelas listas do VH1 ou E! e nas pegadinhas toscas do Girls Behaving Badly. De lá pra cá deu pra acompanhar o The Chelsea Handler Show, o In The Motherhood, os stand-ups, os livros e até chegarmos ao auge da carreira dela que está sendo no Chelsea Lately. Portanto, vocês devem imaginar a minha alegria ao descobrir que íamos ter o After Lately, mais um programa com o selo Chelsea-Handler-de-qualidade na Tv americana.

O première do After Lately só confirma o que eu estava esperando: o programa vai ser hilário para os que estão familiarizados com o staff e com a dinâmica do talk show da Chelsea, mas será muito estranho e quase incompreensível aos demais pelo excesso de inside jokes.

Gargalhei muito com esse primeiro episódio e impossível deixar de comparar o formato da série com o já consagrado por The Office, tanto que li muita coisa na internet relacionando os dois programas. Em “The List” deu para perceber que não existe ninguém normal no escritório do Chelsea e que palavras como “assédio moral”, “assédio sexual” e “bullying” estão presentes todos os dias, de uma forma saudável (oi?) e muito engraçada, na vida os co-workers da Chelsea.

O arco do primeiro episódio foi muito divertido. Curti muito a competição entre o pessoal para ver quem conseguia garantir uma vaga na viagem para Cabo com a Chelsea. Heather McDonald, Brad Warlock e Jiffy Wild fazem a gente gargalhar com todas as formas pelas quais eles tentavam chamar atenção da apresentadora para garantir um fim de semana nas praias mexicanas.

Ah…a HEATHER É FODA! Impressionante como ela sempre consegue resignificar a expressão “vergonha alheia” e em The List isso não foi diferente. Ela tem muito a vibe de atriz que a carreira não deu certo e que agora faz tudo que é possível para se dar bem, seja se fazendo sketchs toscas pro Chelsea Lately ou se humilhando por uma vaga na viagem com a  Chelsea.

Dá pena do Jiffy Wild nesse episódio, o coitado sofre todos os tipos de abusos imagináveis, sendo zoado de todas as formas possíveis por toda e qualquer pessoa do escritório. IMPAGÁVEL a cena em que ele pra se vingar joga torta na cara da única mulher do escritório que ninguém brincava porque era muito séria. IM-PA-GÁ-VEL!

Quem brilha no episódio é Stella, a filhinha de uma das funcionárias que estava passando o dia no escritório. Essa menina é incrível! Ela consegue roubar a cena e já estou implorando para que ela volte a aparecer na série para interagir com Brad ou Heather. Ri MUITO com ela falando “What a loser!” para a Heather!

Sarah Colonna (uma das minhas preferidas!) e Chris Franjola também tiveram seus momentos. Já deu pra perceber que o Chris vai ser o bully do escritório, bem diferente da imagem de cara legal que sempre pensei dele. E Sarah garantiu uma das melhores cenas que foi a interação dela com Stella.

No meio de tudo isso temos Chelsea mais bitch do que nunca. O que mais gostei é que deixaram claro que a série não vai ser só sobre ela, o resto do elenco teve um destaque bem maior que a própria Chelsea, o que foi bem positivo. A Chelsea é uma gênia e a forma que ela trata seus empregados é de sufocar a gente de tanto rir.

O final do episódio com a Chelsea dando o pé na bunda do Brad e da Heather, chamando o Hamlet, o segurança, para a viagem foi demais. Outra coisa de sangrar a boca de tanto rir foi todo mundo xingando a pequena Stella no escritório e falando mal das mães solteiras. Cara, que dó da menininha!!!!! Hahahahaha

O saldo do episódio foi bem positivo e me surpreendi com o programa. Claro, as atuações não são das melhores e as coisas são meio forçadas aqui e ali, mas tudo está tão inserido no jeito Chelsea Handler de ser, que é impossível conter as gargalhadas.

After Lately é uma ótima pedida quem quer fugir um pouco de séries cultas e ver um programa tosco, mas muito divertido. Pelo que a crítica andou falando a série está prometendo ser bem promissora e espero que ela dê certo mesmo. E também espero que nos próximos episódios a gente veja mais do Chuy, assim como mais situações envolvendo bebida, já que não tem como separar o universo Chelsea Handler de um bom drink, right Jiffy?

Sobre Aécio Rocha
.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: