Review: Survivor: Redemption Island S22E03 – “Keep Hope Alive”

Isso sim é Survivor!!

Redemption Island está conseguindo a façanha de se redimir pela decepção que foi Survivor: Nicaragua e um episódio como esse só serve para nos fazer ter ainda mais certeza disso. Uma coisa excelente nesse episódio foi termos tido a chance de conferir pela primeira vez como se darão os desafios da Redemption Island Arena. Eu imaginei que os desafios fossem ser bem mais físicos e violentos, como eram os challenges de Heroes Vs. Villains, até mesmo para termos ainda mais aquela ideia da sede que o castway eliminado tem de continuar na competição para conseguir sua vingança.

Mas de qualquer forma o desafio entre Matt e “Francheusca” foi muito tenso, muito mesmo. Parecia estar tudo (tudo!) certo para a vitória de Franchesca, mas a Lei de Murphy resolve agir, Matt vira o jogo e deixa Franchesca com a vara na mão (sem piadas cretinas, por favor!).

O melhor de tudo é que na Arena ficam dois participantes de cada tribo para assistir a batalha dos eliminados e depois eles podem fazer a fofoca para o resto da tribo. Como em Zapatera todo mundo se ama e todo mundo odeia o Russell, eles fazem a cretinice de mentir para ele e dizer que Matt havia sido eliminado na Arena.

Enquanto isso em Ometepe, Boston Rob tenta fazer um controle de danos para melhorar a situação entre ele e Andrea, que ficou incrivelmente revoltada após ter sido blindsideada por tabela na última tribal council. Sério, se a Andrea cair nesse papo do Rob ela merece ser apedrejada na boca!

Rob diz preferir eliminar Kristina e Phillip antes de pensar em votar na Andrea. Acredito que ele pode até manter a palavra dele, mas Rob está doido pra ver Andrea e Matt se enfrentando na Arena, já que segundo palavras dele mesmo, os dois são “fortes candidatos a ganhar essa temporada”. Não seja burra, Andrea. Pare de ser um vegetal e tente se defender do B. Rob!

O reward/immunity challenge foi muito, mais muito curioso. Primeiro porque mais uma vez foi uma prova que utilizaram na temporada passada, acho que tá na hora Survivor lagar de pobreza e investir uma graninha na renovada dessas provas. Outra coisa que chama atenção é a atitude de Zapatera que escolhe perder a prova para poder eliminar Russell na tribal council.

Não sei até onde entendo ou até onde desprezo essa atitude de Zapatera. Entendo que Russell é uma ameaça e que ele sempre está tentando armar contra todos, mas dessa vez ele está quase que totalmente indefeso. Ele não tem o HII, ele não tem números e em qualquer momento da competição Russell seria facilmente eliminado pelos demais participantes, então nem consigo vê-lo como essa ameaça que estão dizendo. Decidir perder uma prova foi de uma estupidez revoltante!

Como sou do mal agora vou desejar que Zapatera continue perdendo os desafios para que assim aprendam a dar valor a competição e nunca mais se prestarem a esse papel idiota de abrir mão de imunidade.

A volta para a tribo foi a melhor coisa da temporada até agora. Russell que já estava com 100% de certeza que seria eliminado, faz jus a sua tatuagem que diz “Keep Hope Alive” e consegue pensar numa jogada genial para se salvar da eliminação. Sério, se essa jogada tivesse dado certo ia com certeza ser uma das jogadas mais históricas de Survivor.

Russell e suas concubinas acreditam que conseguiram fazer Julie mudar de lado e que vão fazer o maior blindside de todos os tempos. Tudo estava caminhando para essa jogada brilhante, até que a maldita da Julie resolve voltar atrás bem na hora do voto. MALDIÇÃO!!!

A primeira tribal council de Zapatera foi interessante, com todas as armas apontadas para a cabeça do Russell e Stephanie fazendo o papel de advogada do diabo que quase lhe renderia uma pontinha em The Good Wife. Sério, fico impressionado com o tanto que a Stephanie defende o Russell. Ele já se acha o cara mais foda do planeta e agora parece ter encontrado alguém que o admire ainda mais que ele mesmo.

Na hora da votação Julie decide ficar com a maioria e votar contra Russell, Stephanie e aquela outra loura que não fala nada. Dá pra entender o que passou na cabeça de Julie, já que se ela votasse com Russell, a próxima vítima da tribo seria ela. Além do que acho que Julie não tem a mau-carátismo ou desvio de caráter necessário para se aliar a uma pessoal tão evil como o Russell.

Uma pena, pela primeira vez tivemos que ver Russell Hantz sendo eliminado na competição. Não, não estava torcendo pro Russell e acho ele muito irritante, mas adoro a tensão que ele traz ao jogo e acho que isso vai fazer falta. Torço para que essa não seja a última vez que iremos olhar Russell essa temporada. Ia ser lindo ver ele voltando mais tarde para se vingar desse pessoal chato de Zapatera.

A pergunta que fica agora é saber quem diabos vai ganhar o desafio na Arena e se manter na competição. Será que Russell Hantz vai se dar bem na Redemption Island? E as concubinas dele, será que serão as próximas eliminadas?

Agora o jeito é aguardar o próximo episódio!

Sobre Aécio Rocha
.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: