REVIEW: American Idol 10.15 – Eliminações / Revelação do Top 13

Primeira noite de eliminações e a formação do tão aguardado Top 13. Sim, Top 13.

Como toda temporada, é impossível não entrar algum candidato não merecedor de uma vaga nas finais do programa, então porque não abrir mais uma vaga para alguém com potencial e que seria totalmente injustiçado?

Ryan começa a noite explicando que a noite se desenrolará da seguinte forma:

De acordo com o voto popular será formado o Top 10 (5 rapazes e 5 garotas), dos demais 14 não selecionados pelo público, 3 garotas e 3 rapazes terão uma segunda chance na rodada Wildcard, onde poderão cantar qualquer música que já tenham cantado na competição (audições até o Top 24) e dos 6 escolhidos para a rodada Wildcard, apenas 3 seguirão para a próxima rodada e irão completar o Top 13.

Os rapazes são os primeiros a receberem o veredicto, mas antes vamos encher um pouco de lingüiça com o bate papo do Ryan.

Brett dormiu perfeitamente bem; Stefano diz que todos se entrosarem bem e ficarão tristes com as eliminações; Ryan diz que Casey precisa se divertir mais, para o qual Casey retruca não estar se divertindo (obviamente brincando, claro).

Agora um vídeo básico mostrando as entrevistas dos rapazes sendo patetas.

Chega de enrolação, hora de começar as eliminações.

Robbie e Scotty – Apenas um avançará. Randy acredita que Robbie é um verdadeiro cantor/compositor, enquanto Jennifer acredita que Scotty tem tudo para ser um dos destaques da temporada. TOP 13: Scotty – Robbie volta para os banquinhos, ainda não está fora.

Clint, Jovany e Jordan – Jordan diz que se pudesse voltar atrás teria cantado “Ordinary People” do John Legend, Jovany diz que avançando ou não funciona para ele, Clint está quase tendo um ataque do coração e começa a chorar (provavelmente tendo um flashback dele chutando o Jacee pra fora do grupo em Hollywood e se arrependendo). TOP 13: Ninguém, todos voltam para os banquinhos esperando por uma vaga na rodada Wildcard.

Hora das garotas enfrentarem os resultados, mas antes um vídeo delas sendo patetas.

Para a Haley, a melhor experiência da competição até agora foi fazer as sessões de fotos (REALLY??? B***CH PLEASE). Os produtores deixaram a Kendra falar!!! Aleluia.

E o melhor comentário da noite, cortesia da Lauren Turner: “If I get cut America? I know where you live. I will cut you”. AWESOME!!!

Lauren Alaina e Pia Toscano – Sem chances que uma delas vai ser eliminada hoje, mesmo que não passem pelo voto popular, os jurados irão salva-las de qualquer forma. TOP 13: Lauren Alaina… Pia terá que aguardar o resto da noite no sofá junto com Lauren e Scotty.

Tytanisa e Julie – Julie diz que gostaria que instrumentos musicais tivessem sido liberados, pois acredita que sua performance teria sido melhor se ela tivesse tocado seu violão. Duvido, mas enfim, não custa sonhar né Julie? TOP 13: Ambas voltam para o sofá na esperança de uma vaga no Wildcard.

Ashton, Karen e KendraTOP 13: Karen. Kendra e Ashton voltam para o banquinho da desolação.

Primeira decepção da noite, Karen canta bem, parece ser divertida e carismática, mas convenhamos, a versão dela de “Hero” não chegou nem perto da apresentação da Kendra de “Impossible”. COME BLEEPING ON!!!

Tim, Casey e Jacob – Steven Tyler diz que Tim deveria ter cantado algo do John Mayer ou Jason Mraz (?), algo mais alternativo. TOP 13: Jacob e Casey. Tim não avança. Os gemidos do Casey me deixaram com medo… Haha

Naima, Thia e Lauren Turner – Thia já está em lágrimas, mal consegue falar. Naima não avança, Lauren Turner tem o mesmo destino. TOP 13: Thia Megia.

Brett e Paul – Público vai à loucura pelo Paul. TOP 13: Paul McDonald.

Haley e Rachel – Ryan anuncia que uma delas está no Top 13. Tipo, really? Se for para avançar uma delas, que seja a Rachel. Revendo as performances, Haley decepcionou muito na performance inteira, Rachel fez um bom vocal mas pecou no arranjo da música. TOP 13: Haley Reinhart ¬¬.

James e Stefano – Os dois dividem o mesmo quarto desde Hollywood Week e são melhores amigos. TOP 13: James Durbin. Stefano fica de fora do Top 10.

Com os 10 selecionados, resta saber quem serão os 3 sortudos que irão completar o grupo.

Wildcards


Ashton Jones – “And I Am Telling You”: Não tão bom quanto sua performance em Hollywood, ela parece ter um pouco de dificuldade em não desafinar aqui. Personalidade e atitude em cheio.

Steven diz que ela entregou uma boa performance novamente. Jennifer diz que ela merece estar no palco. Randy ama a atitude.

Stefano Langone – “I Need You Know”: Por um momento achei que seria a música do Lady Antebellum.

Que jeito de compensar aquela performance bunda de “Just The Way You Are” hein? Vocal limpo e apaixonado, simplesmente lindo.

Randy diz que Stefano fez justiça à música. Jennifer diz que não tem como dar errado com esse grupo de semifinalistas. Steven se impressionou com a paixão entregue na música.

Kendra Chantelle (!!!!!) – “Georgia On My Mind”: Primeiro de tudo, entrei em coma quando escutei o nome dela sendo chamado. Imagina uma criança entrando em uma loja de brinquedos, esse sou eu neste momento.

Kendra lindamente vai construindo a base e vai crescendo mais e mais na música. Vocal estupidamente lindo e poderoso. CALAFRIOS!!!

Randy diz que Kendra arrasou.

Jovany Barreto – “Angel”: U KIDDING ME???? JOVANY? REALLY?? Cadê o Tim? Desperdício de wildcard…

Jovany é como um papel de parede musical, você escuta, diz legal e nunca mais dá atenção. NEEEXT!

Jennifer diz que ele fez tudo o que podia. Ou seja, não foi bom o bastante.

Naima Adedapo – “For All We Know”: Começo meio instável por causa da emoção, mas temos aqui outro vocal espetacular carregado em emoção. A coitada começa a chorar no final… Não chora Naima, você não vai voltar a limpar privadas tão cedo.

Steven diz que ela cantou do fundo do coração.

Robbie Rosen – “Sorry Seems To Be The Hardest Word”: Muito melhor do que sua performance anterior. Vocal delicado, fraseado legal, mas confesso que fiquei levemente entediado.

Randy diz que o Robbie que eles se apaixonaram está de volta.

Clipe da Jennifer regado à AutoTune enquanto os jurados decidem quem avança.

Decisão final, Randy escolhe Ashton, Jennifer escolhe Stefano e Steven obviamente escolhe Naima (sem chances que a deixariam de fora).

Significando que estarei de luto pela perda da linda, maravilhosa e super talentosa KENDRA CHANTELLE. Agora se me dão licença…

Enfim pessoal, esse é o Top 13…

Por mais que eu ame o fato da próxima semana ter apenas dois episódios, significando menos trabalho para mim =), não posso ficar com um enorme peso na consciência em ver tanta gente com potencial sendo eliminada de uma única vez.

Rachel Zevita, Lauren Turner, Tim Halperin, Robbie Rosen, Brett Loewenstern e Kendra Chantelle tinham muito potencial para crescer, e uma semifinal normal proporcionaria um Top 13 mais justo em minha opinião.

Não tem como não comparar às semifinais da 8ª temporada, onde com cortes monstruoso (36 viraram 13), perdemos talentos (Jesse Langseth, Ricky Braddy, Felicia Barton, Ju’Not Joyner, Kristen McNamara, Jackie Tohn e Mishavonna Henson) e tivemos que agüentar pessoas como Jasmine Murray, Jorge Nunez, Scott McIntyre e Michael Sarver no Top 13.

Ainda não consigo acreditar que Haley e Karen tenham avançado pela votação e Lauren Turner e Kendra não.

Extremamente decepcionado da Rachel não ter conseguido um Wildcard, mesmo que ela não avançasse, ela merecia uma chance de se redimir. O que me leva a crer que as 6 vagas no Wildcard deveriam ter sido 7 e dividas entre 4 mulheres e 3 homens (Lauren T, Kendra, Naima, Rachel, Tim, Stefano e Robbie).

Fiquei meio surpreso da Ashton ter avançado com aquele vocal mais ou menos comparado ao obviamente superior da Kendra, mas claramente não podia a faltar a diva negra da temporada no Top 13, embora eu ache que esse “requisito” tenha sido preenchido pelo Jacob Lusk.

Próxima semana o tema será “Músicas de seus artistas favoritos”, tema também conhecido como “Cante o que der na telha”. Performance confirmada do Adam Lambert cantando Aftermath.

Até a próxima semana e fiquem com uma homenagem à Kendra Chantelle (OK, eu ia postar mesmo que ela avançasse, mas enfim…).

4 Responses to REVIEW: American Idol 10.15 – Eliminações / Revelação do Top 13

  1. Pelo amor de Deus, que top 13 injusto.
    Ainda não consegui digerir isso!
    Alguém me explica o porque que a Rachel Zevita, Brett Loewenstern e Lauren Turner não estão no top 13, please!

  2. Marcelo Silva disse:

    Olha aí Giro, além da falta de tempo, é esse tipo de coisa que me faz parar com Idol no meio da temporada e nem ficar arrependido com isso. Primeiro que tipo, eu fui vendo o programa normal e só no final me dei conta que top 13 já era a última fase do programa ¬¬ hasuashausahsuashua

    Sério, o que aconteceu? Essa fase do top 24 não durava várias semanas? (que normalmente, era onde eu me perdia, porque TRÊS programas todo dia, sendo que dois deles tem mais de 1h, complica a vida, hehe) Esse corte inacreditável se deu por causa da loooooooonga Hollywood Week, que teve até aquelee episódio (MUUUITO BOM, hehe) dos Beatles? Anyway… foi bem o que vc disse, esse corte deixou muita gente bacana de fora.

    Jovany foi, oficialmente, o Tim Urban dessa temporada. Só não cantava tão mal quanto o Urban, mas só recebeu Wildcard porque esfregou o peitoral na cara da Jennifer nas auditions. Sério, ignorar solemente o Tim foi revoltante, o cara merecia muito mais. E América já começou a mostrar que vai mandar esse programa pra merda quase eliminando Naima. Enfim… segurando o Jacob por um bom tempo aí, fico satisfeito. Continuo decepcionado, mas satisfeito, hehe. E Thia nem merecia ter ficado hein. Achei a performance dela no top 12 um sono. Stefano então, puta merda, não devo entender nada de música, porque os jurados elogiaram aquela coisa HORROROSA que foi a apresentação dela. Já na do Wildcard foi bem melhor, mas sei lá… peguei implicância, hehe.

    James Durbin deve ter visto meu ódio por ele e me veio com uma música do JUDAS PRIEST no American Idol. Que merda esse cara, agora não consigo mais odiar ele, hasuashasuahsua… e foi uma apresentação foda, só espero que ele continue assim e talvez se redima comigo, hehe.

    Não tinha nada de errado com a roupa da Lauren nesse episódio né? #BRINKS hasuashausahsausahsua. Enfim, nem preciso falar como o post ficou ótimo né. Agora já posso acompanhar, estou 100% atualizado, hehe.

  3. Luun. disse:

    Achei um desperdicio de wildcard o jovany , robbie e a naima, de boa, cansei dos 3 nas aprensentações, a Naima pode ser até original mas que roupas sao aquelas mano ?, eeeeeeeeeeca –‘, mas te da vontade de prestar atenção pelo menos.Já o Jovany e o Robbie, dão sono –‘, um wild card bom pra mim foi o da Kendra, acho que ela devia ter entrado, ela tem se mostrado consistente, e já cansei daquele visual diva forçada da Ashton, e mesmo o Clint tendo ido mal na semana, acho que ele merecia o Wild card mais que o Jovany, que foi uma decepção total pra mim, bom, agora é esperar, fiquei um pouco assustada com a mudança dessa semana, normalmente as eliminações são de pouco a pouco, mas pelo menos deu uma esquentada no programa,
    adoro os posts,
    beijos :*

  4. Luan disse:

    Ah,ridículo. A Haley passou pq canta demais,tem uma voz diferente,original.Não é igual a algumas lá,que se ouvir no rádio a gente confunde com várias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: