REVIEW: American Idol 10.14 – Top 12 Girls

Showtime para as mulheres. 

Mesmo esquema dos rapazes, escolha a melhores músicas para mostrarem todo seu potencial. Let’s go!

Ta-Tynisa Wilson – “Only Girl (In The World)” (Rihanna): Péssima escolha para o vocal da Tatynisa… Ah coitada já sofreu em Hollywood com músicas menos agitadas, com essa música ela vai morrer sem ar e sem lembrar das letras da música.

Ela é basicamente o mesmo caso do Jordan em minha opinião, não é uma boa música para mostrar seu potencial como artista, apesar de ser um pouco mais desafiadora vocalmente.

Pelo que vimos em Hollywood, Ta-Tynisa já não tem muito controle de sua voz, com ela andando pra cá e pra lá pelo palco não fez nenhum favores a moça.

Vocal ficou ofegante, a voz ficou meio irritante em vários momentos, ela trabalhou o palco, mas me deixou entediado.

Steven disse que foi um lindo jeito de abrir a noite. Jennifer disse que ela não começou muito bem, mas que ela conseguiu se recuperar e fazer um bom trabalho. Randy discorda dos demais e diz que ela não trouxe nada de novo à música, fico devendo se comparado à versão original, e o refrão foi desafinado.

Naima Adedapo – “Summertime” (Porgy and Bess): Naima não tem medo nenhum né? Cantar uma música que deu um momento supremo à Fantasia na 3ª temporada é preciso MUITA coragem.

Primeiro de tudo, alguém mais lembrou da Phoebe de Friends com aqueles movimentos no começo da música?

Vocal foi bom, interessante apesar de não ter gostado do arranjo mais animado e meio jazz. Esperava mais dela.

Jennifer adorou a nota final e diz que Naima é como uma flor exótica. Randy disse que ficou parecido como cantora de lounge, cita a versão mindblowing da Fantasia, mas concorda que a nota final foi ótima. Steven a compara com Ella Fitzgerald e diz que adorou.

Kendra Chantelle – “Impossible” (Christina Aguilera): Escolha de música interessante para a Kendra, não imaginava que veria ela cantar uma música da Christina, acho que os estilos delas são bem diferentes. Mas apesar dos pesares, ela acabou escolhendo uma das músicas que com alguns ajustes podem se ajustar bem à sua voz, principalmente pelo lado meio soul que a música já tem.

Achei o vocal ótimo, mas faltou um toque de originalidade para se diferenciar da versão original. O maior problema da Kendra, além de ter recebido pouco screen time, será conquistar com o público, ela parece ser meio tímida e isso pode ser entendido como frieza pelo público.

Randy adora o vibrato e diz que Kendra o lembra da Lauren Hill, diz também que ele se sentiu conectado durante a música. Steven diz que Kendra conseguiu novamente, voz/roupa/estilo quente. Jennifer diz que Kendra lutou pela sua vaga e espera que ela avance para o Top 12, pois acredita que Kendra não mostrou nem metade do que é capaz.

Rachel Zevita – “Criminal” (Fiona Apple): Já posso morrer feliz com uma escolha de música dessas, totalmente original e que se encaixa perfeitamente no tipo de artista que vejo a Rachel se tornando.

Adorei o pseudo strip-tease dela no começo, mas Rachel basicamente tinha o queijo e a faca na mão e acabou cortando o dedo.

A voz ficou ótima como sempre (apesar do deslize quando ela andou por trás dos jurados), mas o arranjo da música foi totalmente o errado, a música é tão boa que não era necessário transformar em algo meio cabaret/Broadway, só o seu tom de voz único já teria dado um toque especial para a performance.

Steven diz que gostou, mas achou a apresentação muito Broadway. Jennifer pergunta como ela quer que o país à veja, como uma performer da Broadway ou como uma artista? Pois em sua opinião, Jennifer gostaria de ter visto menos Broadway e mais uma artista pronta para gravar um CD. Randy diz que não funcionou, não entendeu o que foi a apresentação e basicamente diz que foi um desastre.

Tadinha da Rachel, ela ficou arrasada.

Karen Rodriguez – “Hero” (Mariah Carey): Escolha boring much? Nada contra escolher uma música da Mariah, mas poxa, a mulher já possui 23 anos de carreira com várias músicas decentes e toda vez sempre acabam escolhendo as músicas que já foram cantadas milhares de vezes. Cadê a imaginação pessoal?

Só desculpo um pouco essa escolha de música porque a Karen decidiu inovar um pouco e cantar metade da música em espanhol.

Karen fez um bom vocal, mas ficou faltando aquele algo a mais, que nem o espanhol trouxe à performance. Faltou emoção e ficou levemente entediante.

Os últimos segundos foram os melhores de toda a apresentação, mas achei uma performance bem nível Raul Gil.

Jennifer sentiu calafrios, elogiou a decisão de cantar parte da música em espanhol e diz que foi incrível. Randy elogia ela ter dado um jeito de dar um toque especial à música, mas diz que a parte em espanhol foi melhor do que a em inglês. Steven diz que ela é única e devia cantar a música novamente como dueto com o Jacob Lusk.

Lauren Turner – “Seven Day Fool” (Etta James): Escolha interessate, não conhecia essa música.

Adorei a vibe meio Amy Winehouse, os vocais estavam fodas e ela continua me fazendo acreditar que ela acabar se tornando uma Ruth Lorenzo 2.0 se dada à chance, já que ela basicamente teve screen time equivalente a 2/10.

Quero ver ela indo para um lado mais rock/soul, ela tem a voz perfeita para esse estilo de música.
Randy diz que ela poderia ser uma mescla de Amy Winehouse com Florence + The Machine. Steven diz que foi uma apresentação espetacular, parecendo uma clássica mescla de Lauren Turner com Lauren Turner. Jennifer diz que ela foi ótima, a voz é inegável, mas que fisicamente ela precisa se soltar mais.

Aff, que o James Durbin tá querendo aparecer? Senta e fica quieto meu filho, deixa o Ryan dar os recados em paz… Já tá abusando da sorte.

Ashton Jones – “Love Over Me” (Monica): Apesar de não conhecer a música, achei a escolha meio genérica. Em minha opinião, ela deveria tentar seguir a linha diva contemporânea e cantar algo na linha Beyoncé/Alicia Keys.

Fora a escolha genérica, o vocal estava muito bom, teve a atitude e energia necessária para nos acordar um pouco desta noite entediante.

Steven diz que ela tem a confiança de uma rainha e que ela canta lindamente. Jennifer diz que ela tem tudo para ser uma diva, sua confiança é de tirar o folego. Randy não gostou da música, acha que ela é capaz de cantar músicas muito melhores e diz que ela devia seguir a linha Diana Ross.

Julie Zorrilla – “Breakaway” (Kelly Clarkson): Já havia dito isso sobre a Julie, ela ainda não sabe se conectar com o material que está cantando. E “Breakaway”, por mais popular que seja, é uma música difícil para se conectar emocionalmente.
Visual bem de princesa Disney wannabe hein?

Escolha da música foi totalmente a errada, o arranjo também foi totalmente o errado, a música ficou corrida demais, os vocais ficaram meio ofegantes, gritados e desafinados. E a parte emocional cadê? Julie até agora não mostrou nenhum sinal de emoção em suas performances, se ela entrar para o Top 12, ela irá precisar trabalhar muito nesse lado.

Jennifer diz que não foi a melhor performance que Julie já fez e que ela precisa aprender a se conectar com a música. Randy diz que faltou originalidade e que Julie não cantou tão bem quanto Kelly. Steven concorda que foi a escolha errada para Julie.

Haley Reinhart – “Fallin” (Alicia Keys): Curti a escolha de música, apesar de ser uma escolha meio batida depois de 9 temporadas.

Haley tem uma boa voz e muito potencial, mas nessa performance ficou devendo carisma, presença, poder vocal e conexão com o material.

Haley ficou fazendo muitas caras e bocas (e rosnados, e poses), cadê a intensidade que a música requer? #NotGood

Randy diz que a música não a favoreceu e ficou meio karaokê. Steven diz que ouviu a quantidade certa de estilo e de sexy. Jennifer concorda com Steven e acrescenta dizendo que escutou as diferentes cores em sua voz, mas que ela parar de pensar tanto durante as performances e se deixar levar.

Thia Megia – “Out Here On My Own” (Irene Cara): Hmm, uma balada da trilha Sonora do Fame? Thia Thia Thia… vou lá chamar a tia Peggy pra ter uma palavrinha com você sobre suas escolhas músicais.

Adorei o fato dela não apresentar nervosismo e ainda por cima ter começado a música à capella. Os vocais é bem forte e bonito, não ouvi nenhuma nota desafinada. Meu único problema com ela é que ela parece apenas cantar, não sinto conexão dela com a música.

Talvez seja a pouca experiência de vida, mas por mais bonito que o vocal dela tenha sido, não me fez sentir a emoção que a letra da música tem.
Steven
diz que a afinação de uma pessoa pode ser tão boa, que não importa quais músicas a pessoa escolhe cantar. Jennifer diz que foi uma performance especial e que ela cativou todos presentes. Randy diz que a marca de um grande cantor é a qualidade do tom de voz e diz que o tom de Thia o lembra de Michael Jackson.

Lauren Alaina – “Turn on the Radio” (Reba McEntire): Quando escutei a versão original fiquei descrente que renderia uma boa performance, mas de certa forma fiquei impressionado.

Olha, não sei o que tem acontecido, mas pessoas que me desagradaram bastante (aka James Durbin, e agora Lauren A.) em Hollywood estão me impressionando nesta primeira semana, e alguns dos grandes favoritos (Robbie e Tim) estão deixando a desejar… WTF IS GOING ON???

A música não é das melhores, mas o arranjo mais agitado, os vocais e toda a performance me fizeram acordar. Ainda assim, continuo levemente cético (o mesmo serve para o James) de que eles consigam se conectar com as músicas certas, veremos o que acontecerá em algumas semanas.

Jennifer diz que os vocais são fáceis para ela e diz que Lauren ainda tem mais a oferecer. Randy diz que ela tem um dom natural e que ela pode cantar qualquer coisa, além de dizer que ela é uma mescla de Kelly Clarkson e Carrie Underwood. Steven diz que ela é ótia, mas sente falta dela cantar músicas mais calmas.

Pia Toscano – “I’ll Stand By You” (The Pretenders): Escolha de música? BOOORING.

Mas adivinha, Pia se conectou TÃO bem com a música que ficou perfeito.

Vocal foi simplesmente perfeito, e quem diria que ela tem tanto poder vocal???

Melhor vocal da noite sem duvidas, além de estar com o nível perfeito de emoção injetada nos vocais.

Uita, basicamente todos os presentes levantam para aplaudi-la, incluindo os jurados.

Randy diz que ela se colocou no topo depois desta incrível apresentação. Steven diz que foi incrível e belíssimo. Jennifer brinca que Pia escondeu seus vocais em Hollywood para mostra-los quando realmente importasse, JLo acrescenta dizendo que a apresentação foi de outro mundo.

Final de noite e quem diria, num geral as mulheres foram mais entediantes que os homens… Meio chocante para mim, em temporadas passadas sempre achei bem balanceado, o que definitivamente não aconteceu essa noite.

Melhor da noite sem dúvidas com lugar garantido em uma das 5 vagas é a Pia, juntamente com a Lauren Alaina.

Minhas escolhas para as demais três vagas seriam a Kendra e Lauren Turne, a última vaga por mim vai ser decidida com base no fã clube, o que me faz crer que a Thia Megia vai acabar abocanhando a última vaga, já que a pequena potencia vocal não é estranha ao grande público, já tendo participado do America’s Got Talent.

Steven continua a me desapontar com seus comentários dizendo que todo mundo é ótimo, come on Steven, você precisa dar comentários decentes.

E ai pessoal, o que acharam da segunda noite de performances? Ficaram igualmente entediados ou eu que estou de mau humor? Comentem a vontade.

3 Responses to REVIEW: American Idol 10.14 – Top 12 Girls

  1. Picelli disse:

    As duas únicas performances que realmente gostei foram as duas últimas, da Lauren A. e Pia.
    Lauren estava totalmente confortável no palco (talvez a melhor candidata das mulheres com tamanha presença de palco) e seu vocal estava muito natural.
    Já Pia foi a única que realmente se conectou com a música ao ponto de (quase) emocionar. Só não me emocionou mais por causa da música (como você disse, BORING DEMAIS). Estou na torcida pelas duas.

  2. Breno Allex disse:

    #MORRI
    Lauren Alaina teve uma apresentação fantástica!
    Amei, foi tudo… Eu vi que ela se encaixou com a música!
    Pra mim ela é a nova Idol!
    Ela ta até mais linda (corpinho, cabelo)
    Enfim… Me emocionei ao ver ela cantando.
    E acredito que ela ganhe.

  3. Luun. disse:

    As únicas realmente impressionantes foram a Lauren A. e a Pia, mas também gostei das aprensetações da Lauren T. e da Karen.
    As apresentações totalmente #fail da noite, foram definitivamente a da Ta-Tynisa e da Julie, tipo, COME ON, Julie, você canta muito bem, mas isso foi ridiculo, e sinceramente depois da aprensentação da Ta-tynisa eu nem gosto mais da música,
    resumo, o grupo está fraco, são poucas as que salvam.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: