Review: Southland S03E04 – “Code 4”

O dia em que Southland fez todo mundo chorar. “Code 4” foi um episódio com histórias tão incríveis e com um final tão trágico que ficou impossível não se emocionar. Só lembrando aos que ainda não viram o episódio ou que ainda não deram uma chance para a série: Por favor, fujam dessa review!!


Eu sou um fã muito orgulhoso de Southland e episódios como esses me deixam sem entender porque diabos as pessoas não dão uma chance pra essa série. Com apenas quatro episódios essa terceira temporada já consegue garantir o espaço entre os melhores dramas atualmente na televisão. Mas vamos aos comentários do episódio que acho que até agora estamos todos tentando nos recuperar do choque.

NÂÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!!!!!!!! POR QUÊ, SOUTHLAND? POR QUÊ????!!!!

Essa foi minha reação ao assistir as últimas cenas de “Code 4” e não tinha como evitar, já que estamos acabando de assistir a morte de um dos personagens mais legais (e importantes) de Southland. A morte do detetive Nate Moretta é com certeza algo que vai ter um efeito gigantesco em todo o departamento de polícia de Los Angeles, mas, com certeza, ninguém sofrerá tanto com essa notícia como Sammy.

Antes de aprofundar os comentários na tragédia com Nate vamos tratar um pouco sobre as outras histórias desse episódio, que como já disse anteriormente, também foram incríveis. Essa semana finalmente Lydia tem uma folguinha de Josie e consegue trabalhar sozinha, um alívio para ela já que por pelo menos um dia ela vai se livrar da irritação que é trabalhar com sua parceira. O caso de Lydia foi ótimo, todo o desenvolvimento dele ficou bem interessante e prendia muito a atenção de quem estava assistindo.

Descobrir que Guzio era na verdade um adolescente aparentemente normal que resolveu matar seu tio por causa de um Playstation 3 foi algo bem incomum e bacana de se ver. Além do que ficou muito bacana a dinâmica de Lydia com os policiais do outro departamento, muito legal ela sendo toda mandona e durona com os outros policiais. Mas senti falta das brigas dela com a Josie, no começo eu meio que torci o nariz pra nova parceira da Lydia, mas agora já gosto bastante da forma como as duas interagem e investigam os crime juntas. Volte, Ochoa!

Ben e John foram um show a parte. A cada episódio que passa a parceria desses dois só melhora e prefiro nem imaginar o dia em que tentarem separar essa dupla. Essa semana John resolveu deixar Ben “Little Boots” Sherman tomar as decisões e mostrar, agora depois de quase um ano na policia, se ele já está pronto para trabalhar sem os direcionamentos do experiente John. Caramba, e o resultado disso?

Podemos pensar pelo lado negativo. Ben não conseguiu gerenciar uma terrível confusão entre um casal e por causa dos seus childhood issues acabou pegando leve com a mulher, dando a oportunidade pra que ela jogasse a comida quente que estava na panela e queimando o rosto do seu namorado. Ben se confundiu e deu a notícia da morte de um jovem para a mãe errada. Ben ainda foi totalmente descuidado deixando o traficante fugir algemado. Ou podemos ser otimistas dizendo que Ben conseguiu controlar sozinho uma situação que nem mesmo outros 15 policiais deram conta de resolver.

De qualquer forma o que percebemos é que Ben é um ótimo policial, mas nem de longe está preparado para trabalhar sozinho. As palavras de John para ele no final do episódios serviram para colocar  o “Little Boots” em seu devido lugar,  já que apesar de todo seu esforço Ben ainda vai ter que trabalhar bastante para ser um policial de verdade, afinal de contas qualquer decisão errada pode custar a vida de alguém e como vimos hoje várias pessoas poderiam ter morrido por causa dos erros de Ben.

Agora chegamos em Sammy e Nate. A convivência de Sammy com os Moretta estava ficando cada dia mais difícil, já havia passado um bom tempo desde que Sammy começou a ocupar o quarto de hóspede da casa de Nate e essa situação já estava começando a incomodar muito a família de Nate. Além disso, Nate ainda tinha que aguentar de cinco em cinco minutos os chiliques de Sammy ao falar com Tammi e ver seu parceiro completamente perdido durante o trabalho policial.

Nate, nessa temporada em especial, se mostrou um ótimo amigo para Sammy, quase um irmão e acho que esse vai ser a maior dor que vamos ter que conferir nos próximos episódios. A sequência da morte de Nate é uma cena brutal, não existe outra palavra para descrever esse acontecimento. Uma simples ronda de fim de expediente acaba se tornando uma das cenas mais chocantes e comentadas pelos críticos em toda esta fall season.

O momento em que golpeiam a cabeça de Nate é desesperador. Ver o sofrimento e desespero na reação de Sammy nessa cena é algo que até agora ainda me arrepia, em especial, aquele momento em que os bandidos/gangueiros passam a chutar o corpo de Nate e Sammy começa em vão a atirar para todos os lados. Sério, que cena brilhante!!!

Não sei se vocês sabem, mas essa cena, como praticamente todos os outros casos de Southland, é uma referência a um incidente violento que realmente aconteceu em Los Angeles, o que contribuiu ainda mais para a carga emotiva da triste cena. Emoção que se completa com a última cena do episódio, quando Sammy encontra a esposa de Nate e os se abraçam aos prantos, simbolizando os laços mais fortes da vida de Nate, o primeiro com sua esposa em seu casamento real e o outro com Sammy em seu casamento profissional. E agora só consigo me perguntar uma coisa: o que será da vida dessas pessoas sem Nate?!

O motivo por trás dessa triste despedida de Kevin Alejandro do elenco de Southland tem nome e sobrenome: True Blood. Isso mesmo é por causa dos nossos amigos vampiros que o ator teve que sair da série. O choque entre a gravação, a incerteza da renovação da série em suas primeiras temporadas, a adição de Kevin Alejandro no elenco fixo de True Blood e a impossibilidade de conciliar as duas séries, fizeram com que os roteiristas decidissem encerrar a história de Nate de uma forma tão inesquecível quanto foi a história deste personagem (e de seu ótimo ator) para a série.

Ainda temos seis episódios de Southland pela frente, agora nos resta esperar para saber que rumo irá tomar a série, mas uma coisa é certa, coisas muito incríveis e emocionantes devem vir por aí.

P.S: Por favor, Emmy, SAG, Golden Globe, Troféu Impressa, Prêmio Contigo essa é a hora de vocês reconhecerem o trabalho EXCELENTE do Shawn Hatosy!!!

Sobre Aécio Rocha
.

2 Responses to Review: Southland S03E04 – “Code 4”

  1. Fernando disse:

    Ainda bem que tem mais gente que gosta de Southland!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: