REVIEW: American Idol 10.02 – New Orleans Auditions

They call it the Risin’ Sun…

Estamos em New Orleans para o segundo episodio da temporada. Encontraremos aqui um finalista/artista em potencial? Teremos um Steven Tyler ainda mais boca suja, uma Jennifer Lopez mais franca ou um Randy Jackson mais útil? Alguém irá cantar “House Of The Rising Sun”?

Fique ligado e teremos todas essas perguntas respondidas.

Começamos o episódio com Blake Patterson berrando histericamente “Smile”… Se ele calar a boca talvez eu sorria. =/

Jordan Dorsey – 21 – “Somewhere Over The Rainbow”: Jordan é músico e professor de piano, então é obvio que podemos esperar um ótimo vocal, certo? Certíssimo!!!

Não só ele possui um ótimo vocal, mas sua voz ainda tem aquela qualidade meio rouca que simplesmente amo e ainda foi original ao fazer mudanças sutis à musica que a deixaram original.

Isso serve para mostrar que quando alguém tem talento, não precisa de mais nada para se destacar.

Sarah Sellers – 28 – “To Make You Feel My Love” (Bob Dylan): Que vocal delicioso e interessante. Sinto que ela poderia se direcionar para algo mais rock com essa voz.

Outros pontos positivos: Simpática, centrada, bem humorada, visual meio nerd, se destaca somente pela voz. #LoveHer

Jovany Barreto – 23 – “Contigo En La Distancia” (Luis Miguel): Descendente de cubanos que trabalha construindo embarcações. Jovany simplesmente é apaixonado pela JLo e o marido dela, alguém tá querendo um ménage?. Jovany tem um vocal potente e soube suportar bem tantos as notas altas quanto as mais baixas, ele é o tipo perfeito de candidato para cantar baladas (Mariah, Journey, algo divonico).

Apesar desses pontos positivos, acho que puxar o saco da Jennifer, não cantar em inglês e fazer um strip juntamente com o Steven e Randy pode dificultar uma conexão com o publico.

Quote do episódio: Jennifer – WHAT THE HECK JUST HAPPENED IN HERE???

Jacquelyn Dupree – 23 – “I’ll Stand By You” (The Pretenders): O pai dela foi o treinador do Randy durante o colegial e Jacquelyn levou várias fotos do Randy ainda adolescente. O treinador do Randy, tio da Jacquelyn, aparece na sala e temos aquele momento nostalgia, quebrado pelo Steven que pergunta se o treinador alguma vez deu umas palmadas na bunda do Randy. #StevenILoveYou!!!

Quanto ao vocal, é forte, porém genérico demais pro meu gosto. Não acho que ela conseguirá sobreviver Hollywood.

Brett Loewenstern – 16 – “Bohemian Rhapsody” (Queen): Brett é o tipico garoto estranho que toda sala de aula do ensino médio tem. E assim, como um triste cliché, Brett sofreu bullying.

Deixando isso no passado, Brett parece o Chris Colfer falando, tem uma ótima voz e tem algo nele que me faz ficar ansioso em vê-lo em Hollywood. (Meio que a mesma ansiedade que tive com a Megan Joy, mas todos sabem como aquele trem desandou e explodiu colina abaixo).

Gabriel Franks – 24 – “Bad Romance” (Lady Gaga): Fato “interessante” sobre ele? Ganhou um concurso por se parecer com o Steven Tyler… Mas Tyler discorda e diz que a Gabriel tem a boca mais parecida com a do Mick Jagger, e ainda diz que conhece muito bem a boca do Jagger para poder comparar. Então tá né… hehe

Por algum motivo eu achava que esse cara ia cantar bem, mas CALA A BOCA!!!!

Urgh, as caretas, as viradas de olhos, a cantoria…

Alex Attardo – 18 – “Proud Mary” (Tina Turner): Alex participou do Idol Camp alguns anos atrás e diz ter aprendido muito. Aprendeu mesmo, pena que aprendeu como fazer tudo errado.

A cantoria foi simplesmente ruim, e posso falar que achei desnecessário o Randy ficar acabando com o Alex dizendo “devíamos cancelar esse acampamento” e “cara, foi horrível”. Não estou dizendo que o cara devia ir pra Hollywood só por não ser um daqueles candidatos que só querem aparecer, só acho que ele devia guardar sua maldade para aqueles candidatos que realmente merecem.

Jacee Badeaux – 15 – “Sitting On The Dock Of The Bay” (Otis Redding): Gente, certeza que esse garoto tem 15 anos? Ele é um bebê!!!

A voz é ótima para a idade dele. Porém, entretanto, todavia… Ele não está pronto para uma competição dessa magnitude, apesar da voz já ser boa, ele precisa de mais alguns anos para amadurecer seu vocal, ele ainda tem voz de criança!!! E não acho que ele tem idéia de quem ele é como pessoa ou artista.

É por isso que odeio o fato de terem diminuído a idade mínima, candidatos como ele que tem o potencial de serem ótimos, mas precisam de mais tempo para evoluir.

Jennifer diz que ele é doce, bonitinho e tem uma linda voz.

Randy disse alguma baboseira qualquer e Steven diz que foi uma obra de arte. (Tipo, sério??? Não achei tãaao bom assim)

Paris Tassin – 23 – “Temporary Home” (Carrie Underwood): Paris ficou grávida aos 18 anos, e durante a gestação os médicos sugeriram que ela interrompesse a gravidez, pois o bebê tinha hidrocefalia e poderia não sobreviver. Paris decidiu seguir em frente e sua filha nasceu com problemas de audição.

Achei a voz dela muito comum, definitivamente teria que ficar voltada para um country/pop. Ela força demais a voz em certos momentos, e não soube transmitir a emoção com a voz, Paris vai precisar trabalhar muito em conhecer melhor sua voz e como criar uma conexão verdadeira com o material que está cantando. (Sério, assista a Carrie Underwood cantando essa música, uma palavra define: calafrios)

JLo começa a chorar (Bitch please, você não vai ser indicada a nenhum prêmio de melhor atriz) e diz que sentiu o que a música significava  para ela.

Anyway, por hora isso é o bastante e Paris avança para Hollywood.

Posso dizer que esse episódio foi bem superior à estréia?

Adorei que não focaram tanto nos jurados, e sim no talento.

Já me acostumei com o novo trio. Porém, não tem como não sentir falta da cara de tédio e mau humor do Simon durante as audições.

Meus favoritos da noite foram Sarah, Brett e Jordan nessa exata ordem, mas acredito que é seguro dizer que veremos Jacee e Paris por um bom tempo.

Opiniões? Amaram? Odiaram? Comentem abaixo

2 Responses to REVIEW: American Idol 10.02 – New Orleans Auditions

  1. Tayná disse:

    Aaaaaah! Eu achei o Jacee Badeaux SUPER cute.. e ele canta muito bem. Mas é exatamente o que você falou, ele não está preparado. Porééém, acho legal ele já ter uma experiência como essa, afinal.. daqui uns 3 anos quem sabe seja a vez dele!

    Gostei bastante do Jordan Dorsey e do Brett e a Paris é como você falou, comum demais. Tem toda a história emocionante e bla bla bla, mas não em convenceu.

    Ah, e o Jovany tem uma voz legal, mas não sei se ele vai longe cantando músicas sem ser em inglês. Vai saber..

    Gostei mais desse episódio também do que o primeiro😀
    Mal posso esperar por quarta feira, hahahah!

  2. Aécio Rocha disse:

    Diferente do que acontece em Jersey (e seus #JerseyShoreFeelings), New Orleans parece ser um lugar tão bacana e que passa uma vibe tão legal que acabou transparecendo nesse episódio.

    Achei New Orleans bem superior ao primeiro episódio. As coisas parecem estar entrando nos eixos. Tô curtindo muito Steven e Jennifer na bancada, os dois estão tendo ótimos momentos nessa fase de audition e estão me surpreendendo. Mas ainda acho que os dois vão ter que comer muito feijão com arroz pra comentar as apresentações quando o Idol começar de verdade.

    Sou fã da Sarah Sellers. A mina tem um carisma do caramba, uma presença de palco legal e canta lindamente e putaquepariu, ela ainda cantou uma das minhas músicas preferidas da vida. Assim como o Steven também já estou na torcida por ela.

    Uma coisa é certa, eu não tenho mais paciência para as histórias dramáticas das pessoas nessa fase das auditions. Ah cara, e dai que tu sofreu bullying porque tu parece com o quasímodo? e daí que tu cantou no Idol Camp e isso mudou tua vida?!!! Zzzzzzzzzzz

    Mas no meio das histórias dramáticas me surpreendi com a da Paris, essa realmente foi emocionante, além disso ela ainda tem uma boa voz. Não acho que ela sobrevivirá muito tempo, mas é uma boa aquisição para Hollywood.

    Anyway, achei esse episódio bem agradável. Me deixou com muita vontade de ver logo o da próxima semana, então isso é algo positivo.

    P.S: Porra J.Lo, tu se acaba de chorar com a história da menina e na hora lá nem abraçou a filha da Paris!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: