The X Factor 7.25 – Top 7 – Rock Week

YEAH, IT’S F$%¨& ROCK N’ ROLL WEEK!! A primeira coisa que me vem à cabeça é que este seria o tema perfeito para a eliminada Treyc Cohen (miss you girl).

Chega de mimimi que isso não é não é nada rock n’ roll e let’s roll.

Wagner – Creep (Radiohead): Primeiro de tudo, dar uma música dessas deveria ser CRIME!!!

Se bem que a letra da música diz tudo sobre ele né? “I’m a creep / I’m a weirdo / what the hell I’m doing here / I don’t belong here”.

Olha, esperava coisa muito pior… O vocal não foi um desastre como tem sido sempre, mas ainda assim é muito ruim.

Danni diz que foi o melhor vocal dele na competição. Cheryl só concorda. Simon diz que comparando o que ele vem entregando (estragando, na verdade – minhas palavras), foi uma boa apresentação. Louis diz que foi uma performance crível e que Thom York ficaria orgulhoso dessa versão (Aham vovô gaga, senta lá).

One Direction – Summer Of ’69 (Bryan Adams): Cliché much? PQP, Simon é MUITO preguiçoso com a seleção de músicas, tem tanta música melhor, mas enfim, é One Direction então nem to ligando muito para o que eles cantam.

A cada semana entendo mais como o Liam Payne não passou na categoria Boys, ele é muito entediante, não tem nenhuma dinâmica ou calor no vocal dele.

Como um grupo, continuo não gostando da harmonia vocal ou a falta dela, eles são simplesmente cinco garotos cantando ao mesmo tempo e chama isso de grupo…

Disco quebrado, Louis continua a repetir que eles são ótimos e são a próxima boyband e etc. Dannii diz que eles entregaram seu melhor essa semana. Cheryl diz que eles continuam a evoluir semana a semana. E Simon só diz que não teve nada a ver com a seleção dessa música, que um dos Bieber clones escolheu a música.

Mary Byrne – All I Want Is You (U2): Gostei da escolha de música, pessoalmente eu teria escolhido algo do Coldplay para a Mary, já que todos sabemos como ela owna “Fix You”.

O vocal voltou a ser ótimo como no começo da competição e ficou bastante contemporâneo comparado às ultimas semanas, mas poderia ter sido muito mais contemporâneo com o arranjo certo.

Dannii diz que amou a emoção e diz que foi uma performance brilhante. Cheryl fica impressionada coma conexão que a Mary teve com a música. Simon diz que Louis deveria estar escolhendo este tipo de música para ela a muito tempo atrás e diz que foi ótimo. Louis diz que Mary cantou com seu coração (Ohh, que comentário mais clichê).

Cher Lloyd – Girlfriend (Avril Lavigne): Alguém considera essa fase da Avril Lavigne rock?? Se fosse algo do inicio de carreira, até relevaria, mas isso não dá…

Jurava que algo da parceria do Linkin Park e Jay Z teria sido o MÁXIMO para ela…

Vocal foi OK, gostei do rap e tudo o que acontecia ao redor dela foi legal, mas não tem como não lembrar da MARAVILHOSA versão da Diana Vickers.

E PELAMOR, cadê a humildade nessa criatura? Nem um lugar entre os menos votados deu um jeito nessa menina.

Louis diz que foi uma apresentação brilhante. Dannii diz que essa é sua apresentação favorita de todas que ela já fez. Simon diz que esse é o estilo que ela deveria seguir. Cheryl diz que ela detonou a música.

Rebecca Ferguson – I Still Haven’t Found What I’m Looking For (U2): Quando vi que a Rebecca iria cantar essa música, já comecei a imaginar um vocal épico e grandioso se ela conseguisse manter seu nervosismo sob controle.

E para minha surpresa, ela faz sua própria versão da música (se essa versão já existia, desculpe minha ignorância, hehe), que é totalmente diferente do original.

O vocal foi livre de maneirismos que no passado me irritavam e por isso, perfeito.

Meu maior problema com essa performance é que não teve aquele peso emocional que a música tem…

Louis diz que Bono amaria essa versão e que Becca tem a voz mais distinta de toda a competição.  Dannii diz que foi perfeito, mas gostaria de ver o lado mais performático da Becca. Simon diz que ainda vê o nervosismo nela, diz que mudar a música foi um risco que sem duvidas deu certo. Cheryl diz que todos a amam.

Matt Cardle – I Love Rock N’ Roll (Joan Jett and the Blackhearts): Dannii, sérião que você escolheu essa música? Pior que fiquei muito frustrado com essa escolha depois de ter lido que ele cantaria “Welcome To The Jungle”, apesar de achar que seria um flop total ou uma grande surpresa…

O vocal voltou a ser bom, mas não teve nada de extraordinário…

Louis diz que Matt pode cantar qualquer coisa. Cheryl diz que todos o amam. Simon diz que foi incrível. Dannii diz que a reação do publico diz tudo.

Katie Waissel – Sex On Fire(Kings Of Leon): Gostei da música na voz da Katie, a voz fraca dela de alguma forma fica boa em certas partes da música, principalmente no começo da música. O único porém é que quando a banda entrou com tudo, a voz dela foi engolida e quase não deu para escutar muito a voz dela.

Louis diz que consegue ver Katie se transformando em uma verdadeira roqueira (aham gaga). Dannii diz que ela tentou muito em tentar fazer a apresentação parecer verdadeira. Simon diz que foi divertido e arriscado, e que foi genial. Cheryl diz que Katie incorporou a música.

Wagner – Addicted To Love(Robert Palmer): Geez, só digo uma coisa, a versao do Wagner faz com que a versão da Kandy Rain pareça um clássico.

LOLZ, o público não para de vaiar ele… Rezo para que ele seja eliminado amanhã…

Dannii diz que o velho Wagner está de volta, a desafinação, as dançarinas, tudo que tem de errado com nele. Cheryl comenta que nunca viu ele aproveitar tanto uma apresentação. Simon diz que há algo fascinante nele. Louis diz que nem todos gostam dele, mas que Wagner não deveria querer que todos gostem dele.

One Direction – You Are So Beautiful(Joe Cocker): YASB é rock?????

Tá, Joe Cocker é um cantor de rock/blues, mas essa música não tem nada de rock em minha opinião…

Às vezes acho que só porque o Simon é o criador do programa, ele se acha no direito de fazer o que bem entende, como escolher músicas que não se encaixam no tema.

Já volto…

Pronto, fui lá vomitar de tanto nojo dessa pseudo banda e dessa apresentação podre…

Louis diz que eles provaram que não são uma boyband qualquer. Dannii diz que foi lindo. Cheryl diz que amou escuta-los cantar. Simon diz que está orgulhoso e acha que essa é a melhor performance deles (eu acreditaria se ele não dissesse isso toda semana).

Mary Byrne – Brass In Pocket(The Pretenders): Outra música que também não considero rock…

Vocal foi OK, Mary dançou um pouco, o que foi diferente para as performances dela, mas foi uma apresentação totalmente desnecessária.

Louis é o PIOR MENTOR EVER.

E concordo com Dannii, a apresentação parecia algo que se veria em um karaokê.

Dannii diz que amou a energia da Mary, mas comparou o vocal a algo que se escutaria num karaokê. Cheryl diz que adorei ver o lado “safado” da Mary. Simon gostou de ver a Mary fazendo algo mais animado. Louis diz que entende o que a competição significa para ela.

Rebecca Ferguson – (I Can’t Get No) Satisfaction (Rolling Stones): Ahh Becca Becca… Para mim não funcionou essa versão diferente, não que a versão original e mais pesada teria funcionado para ela…

Pontos positivos, o vocal foi bom e foi legal ela fazer algo mais animado.

Apesar de não ter gostado dessa segunda apresentação como da primeira, Rebecca merece MUITO ir para as semi-finais.

Louis diz que é ótimo vê-la cantar algo mais agitado. Dannii diz que a apresentação teve algo de vintage. Simon diz que é uma das melhores apresentações dela. Cheryl diz que Rebecca tem a voz de uma superstar.

Katie Waissel – Everybody Hurts (REM): Essa semana é uma ótima semana para a Katie, surpreendemente…

Música perfeita para ela e para o tipo de voz dela, emoção no ponto também, mais uma vez Katie entregou o que ela normalmente entrega em suas performances de “salvação”.

Louis diz que acreditou em cada palavra que Katie cantou. Dannii diz que foi muito melhor do que a primeira apresentação. Simon diz que é a melhor semana da Katie. Cheryl diz que foi uma apresentação linda.

Matt Cardle – Nights In White Satin(Moody Blues): Confesso que torci o nariz pras escolhas de música para o Matt essa semana e principalmente por nunca ter ouvido falar desta música, quando ele poderia ter escolhido algo mais moderno e mais poderoso.

Mas C@R@$#%¨, como eu estava errado… Simples e totalmente poderoso ao mesmo tempo, Matt estava absolutamente correto em dizer que está música é injustamente desconhecida pelo grande público…

Compensou totalmente a primeira apresentação, sem sombra de dúvidas merece um lugar na final do programa.

Destaque para as pernas do Matt indo para o ar durante a música… haha

Louis diz que foi brilhante e que melhor do que isso não fica (Ah fica hein…). Cheryl diz que essa é sua apresentação favorita dele. Simon diz que ele transformou a música em algo contemporâneo e foi genial. Dannii diz que foi muito romântico e consegue vê-lo com músicas desse estilo no mundo real.

Cher Lloyd – Walk This Way (Aerosmith): Pelo menos uma música que tem mais um quê de rock… Mas ainda assim não está funcionando para mim…

O vocal continua OK em partes, aproveitou bem o palco, mas faltou aquele pegada vocal que o Steven Tyler tem quando canta essa música.

Mais uma vez, Cher foi uma grande decepção para mim…

Louis diz que amou a performance. Dannii diz que nunca houve ninguém na competição que monta um show como ela. Simon diz que ela teve uma noite brilhante. Cheryl diz que o programa nunca teve alguém tão diferente quanto ela.

E finalmente concluímos mais uma semana de performances, tivemos double trouble com o Wagner, coisa que ninguém merece. Além de várias pessoas se mostrando um tanto instáveis, indo bem em uma música e indo mais ou menos na outra.

Os melhores da noite foram Mary e Rebecca cantando U2, Katie cantando REM e Matt cantando “NIWS”.

Fiquei desapontado com várias escolhas de músicas, que poderiam ter sido muito melhores, poderiam ter escolhido Led Zeppelin, Coldplay, Queen, Florence + The Machine, entre muitos outros.

Músicas que eu cantaria são:

  • Creep (Radiohead)
  • With Or Without You (U2)
  • Helter Skelter (The Beatles)
  • Always ou Have A Nice Day (Bon Jovi)
  • Numb ou Crawling (Linkin Park)
  • Going Under (Evanescence)
  • Diary Of Jane (Breaking Benjamin)
  • You’ve Got The Love (Florence + The Machine)
  • Cry Baby (Janis Joplin)
  • Never (Heart)

De cabeça só lembro dessas músicas, mas caso eu lembre de mais músicas interessantes, postarei nos comentários.

3 Responses to The X Factor 7.25 – Top 7 – Rock Week

  1. Marcelo Silva disse:

    Uma semana Beatles, a outra Rock… X-Factor sabe das coisas hein?
    Mas essas escolhas… Radiohead pra mim é rooooonck… tem músicas cheias de camadas, significados, bla, bla, até curto algumas, mas é boring. Numa noite dedicada ao rock então, ao lado de Rolling Stones, Aerosmith e U2, fica ainda mais boring.

    Putz, essa Rebecca… voz linda demais mesmo, mas cara… podia ser o vocal mais espetacular da história do universo, se chegasse e mudasse COMPLETAMENTE uma música tão emblemática como I Still… (ok, ajuda ser uma das minhas favoritas all-time). Certo, entendo que a original não ia ficar boa na voz dela, mas caramba… mudou DEMAIS! Sou muito metódico com música, hehehehehe.

    De resto, Everybody Hurts ficou sensacional e bom… já que não vi Lee DeWyze cantando Sex on Fire (a voz dele era PERFEITA pra cantar Kings of Leon!), Katie não deixou a desejar… Agora, no geral, eu obrigaria rock nessa semana. Exclusivamente. Avril Lavigne? Pior… GIRLFRIEND, a música com um clipe todo cor-de-rosa e coreografia a la Pussycat Dolls????? Esse povo cheirou farinha??

    E vc quer mais nada né, colocar seres humanos pra cantar Linkin Park… e Crawling ainda. Mas achei todo o resto do seu “set” excelente. Eu ainda adicionaria Turn the Page ou Hero of the Day do Metallica (acredito que as mais rápidas e thrash não serviriam em X-Factor né…).

    Excelente post, como sempre!

  2. Jana disse:

    ROCKK ….ai sim um tema que me indentifiquei! Enfim,tive alguma decepções tbm.Cher não foi mto bem na primeira apresentação,é Avril nao foi uma boa escolha pra menina,mas dps achei que ela melhorou bastante!
    Matt..oq posso falar dele?MANDOU MTOO BEM!!! Ta mostrando um outro lado mais ‘rebelde’ que é incrivel!!!
    Se a Mary sair um dia é tudo culpa do Louis..esse cara faz cada escolha p/ ela q só faz prejudicá-la cada dia mais.Ela tem um puta potencial p/ cantar musicas atuais e deixar do jeito dela e ele ainda insiste em dar ou musicas mto antigas,ou algumas q nem encaixam com sua voz!
    De qq modo curte a trilha que foi dada,claro que algumas musicas nao foram para as pessoas certas,massss….

    PS: Sou a favor de colocar o Matt pra cantar sua ‘declaraçao de amor ‘ ao Aiden no final do programa!!! haha
    Vai fazer a review na proxima temporada ne will? =)

  3. Jana disse:

    ah esqueci … minhas escolhas de musica seriam Cry Baby ou Move Over (Janis),Welcome to the Jungle (Guns ..ta acho q é meio forte pra xfactor..mas é uma otima musica vai haha)e acho q um pouco do que ja rolou…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: