REVIEW: The X Factor 7.23 – Top 8 – The Beatles Songbook

Timing perfeito essa semana, Paul McCartney fazendo shows por aqui, semana dos Beatles nos The X Factor…

Mas desde que o catalógo de músicas dos Beatles ficou disponível na 7ª temporada do American Idol, o tema vem sendo usado sem dó e nem piedade, mas o pior de tudo, é que os participantes não exploram o enorme catálogo da banda e acabamos escutando várias versões das mesmas músicas.

Além do mais, parece que toda vez que um desses programas não consegue ser criativo com um tema, pensam “Ah Beatles Week pra tapar o buraco”.

Enfim, é ver quem será capaz de fazer uma versão digna das músicas de uma das bandas mais importantes ever.

Matt Cardle – “Come Together”: LOL pelo vídeo do Matt reagindo à última eliminação e falando que ele e o Aiden eram grandes amigos.

Queria tanto vê-lo cantar “Strawberry Fields Forever” ou uma versão de “I Want To Hold Your Hand” com um clima totalmente depressivo como se nunca seria possível ter o amor correspondido, essa última seria fantástica (pelo menos na minha cabeça).

Sinceramente, não agüento mais ouvir o povo cantando essa música… Só pra ter uma noção, já tivemos as versões da Carly Smithson, Crystal Bowersox, Kris Allen, Mookie Morris e Olly Murs no mundo das competições, e a cada cover a qualidade cai um pouco…

WTF¹ – Matt pagando de gostoso. (Que aparentemente funcionou pela gritaria no estúdio)

WTF² – Matt forçando a voz pra ficar mais grossa.

WTF³ – Estou odiando Matt e Dannii.

Sério, O QUE ESTÁ ACONTECENDO???

Colocam Matt pra abrir a noite, ele tenta sensualizar e ainda canta desse jeito…

Sinceramente, acredito que como todo mundo, esperava um desempenho muito melhor do que vimos esta noite.

O único crédito que dou a ele foi tentar algo diferente, mas…

Louis diz que a escolha da música foi perfeita, mas sente que faltou algo. Cheryl discorda e diz que sente que iremos vê-lo na final. Simon diz que o que estava faltando na apresentação era uma camiseta, criticou o visual do Matt, mas disse que o vocal foi fantástico. Dannii diz que Matt é uma estrela.

Cher Lloyd – “Imagine”: Oh my my my… Sério???

Justo “Imagine” pra Cher cantar? Ela não tem uma bagagem emocional pra dar o tratamento correto à música…

Cantar “Sorry Seems To Be The Hardest Word” na semana anterior com zero de emoção não foi o suficiente pelo visto.

Vocal foi OK, sua voz me irritou em vários momentos com certos maneirismos, emoção abaixo de zero como já esperado e o pior de tudo é que foi EXTREMAMENTE entediante do meu ponto de vista.

Semana anterior não teve emoção, mas pelo menos teve algo diferente pra compensar.

Louis diz que foi uma apresentação preguiçosa, pois não teve rap ou coral no fundo para tornar a música interessante (?). Dannii acha a apresentação fantástica e elogia sua versatilidade. Simon diz que gostou da apresentação, mas ela ter usado a escada na apresentação. Cheryl elogia a versatilidade e acredita que quando Cher faz apresentações simples, ela mostra que realmente possui uma voz forte.

Hmm, os dois frontrunners do programa abrem a noite e simplesmente entregam o equivalente a um remédio para dormir… Pelo visto, a noite vai ser um desastre.

One Direction – “All You Need Is Love”: Caramba, não entendo como tem gente que gosta disso?

Estou tendo um flashback do Eoghan Quigg da 5ª temporada, achava o Eoghan simplesmente horrível, mas por algum motivo os jurados babavam elogios por ele.

O pior de tudo é que provavelmente vão acabar chegando no Top 3…

O garoto loiro tem uma voz interessante até, mas no geral, o vocal continua fraco e as harmonias nem comento…

Louis agradece à Deus por eles terem se apresentado (Eu agradeceria no dia em que eles fossem eliminados). Dannii diz que eles sofreram com as harmonias e precisar trabalhar melhor como um grupo. Cheryl diz que foi uma ótima performance. Simon diz que foi outra fantástica performance.

Rebecca Ferguson – “Yesterday”: Yay!! Rebecca com uma das minhas músicas favoritas!!

A emoção tá lá, mas cadê o vocal impecável que vimos na semana anterior?

Rebecca sai do tom em vários momentos e acaba estragando a apresentação para mim.

Louis diz que Rebecca traz a classe para o programa e gostaria de vê-la na final. Dannii diz que não é sua apresentação favorita e que Rebecca estava muito nervosa. Simon concorda que Rebecca parecia muito nervosa, mas gostou da emoção que ela deu à música. Cheryl lembra o público que é necessário votar em seus favoritos para mantê-los na competição.

Mary Byrne – “Something”: Essa música dava uma chance ENORME da Mary fazer sua mágica e fazer uma versão contemporânea, assim como fez com “Fix You” e o que ela e o Louis não me fazem?

Fazem a música ficar do jeito mais entediante e velha possível…

O vocal continua forte, mas Mary se tornou uma cantora de karaokê e me parece que daqui pra frente vai ser sempre assim.

Dannii diz que quando Mary é ótima, é extremamente ótima. Cheryl diz que nunca se preocupa que Mary desafine. Simon diz que a escolha de música foi brilhante e que ela recuperou sua confiança. Louis diz que Mary recuperou sua mágica.

Paije Richardson – “Let It Be”: Agora sim Paije se redimiu das últimas duas apresentações, faltou um pouco (muito) da emoção projetada pela Brooke White.

Teve um toque de música gospel quando o coral começou a cantar junto e alguns maneirismos irritantes que me desagradaram, mas fora isso, acho que a melhor apresentação dele.

Louis diz que Paije recuperou sua mágica e que ele pode ganhar a competição se continuar assim. Cheryl diz que foi uma linda performance. Simon diz que foi mil vezes melhor do que na semana anterior. Dannii dá um feliz aniversário e o enche de elogios.

Wagner – “Get Back” / “Hippy Hippy Shake” / “Hey Jude”: Sabe aqueles filmes de terror quando algo estranho acontece e a pessoa começa a sangrar pelo olhos e ouvidos?

Este sou eu esta semana assistindo Wagner violentando não uma, mas TRÊS músicas do Beatles… Principalmente Hey Jude… AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

Nem os “na na nas” ele consegue cantar no tom… ¬¬

Dannii não sabe o que dizer. Cheryl rebate os comentários feitos pelo Wagner à imprensa, diz que tem orgulho de suas origens e que ele deve prestar atenção à sua própria sorte e não à sorte alheia. Simon diz que é a pior versão de uma música do The Beatles que ela já ouviu na vida. Louis diz que toda semana ele dá o seu melhor e não recebe crédito nenhum.

FUCK IT, I’LL KILL THIS BASTARD!!

Katie Waissel – (Cheryl – Girls) – “Help!”: Err, é uma peruca ou Katie realmente picotou seu cabelo e tingiu de preto?

Música totalmente apropriada pra situação em que ela se encontra… hehe

Adorei que ela diminuiu o ritmo da música e transformou em uma balada melódica, o vocal tem alguns falhas, mas foi bem gostoso de se escutar.

E quem sabe, com o pimp spot ela consegue evitar o bottom.

Louis diz que vocalmente foi incrível. Dannii diz que é a primeira vez que ela conseguiu colocar sua energia das músicas de eliminação na apresentação principal, mas se diz confusa em que tipo de artista Katie realmente é. Simon diz que foi uma apresentação genial. Cheryl diz que foi a performance da noite.

Ai ai, com um catálogo enorme de músicas simplesmente incríveis temos uma das PIORES NOITES EVER da temporada…

Nem Matt e Rebecca salvaram dessa vez…

Os melhores da noite foram facilmente Katie e Paije…

Indo embora essa semana? Não sei, a noite foi tão ruim que qualquer um poderia ir embora (menos Matt, ainda gosto dele), mas seria ÓTIMO se o Wagner saísse depois desse ato contra a humanidade.

Minha música para essa semana seria “I Want To Hold Your Hand” com um clima totalmente depressivo como se nunca seria possível ter o amor correspondido como eu queria que o Matt cantasse.

3 Responses to REVIEW: The X Factor 7.23 – Top 8 – The Beatles Songbook

  1. @ZePicelli disse:

    Lennon está se contorcendo no caixão com Wagner acabando com as músicas.
    Sério, o povo deveria tirar o direito que concederam aos reality shows de fazerem covers das músicas da banda. nenhuma versão ficou absurdamente boa. Sinto falta de alguém ousando como David Cook fez. Uma pena, de verdade.
    Acredita que me agradou a música do Matt? A música em si não ficou lá aquelas coisas, mas só pelo fato de ele ter sido inovador, gostei até. Mas admito: não é uma performance memorável.

    Gostei da sua sugestão de I want to hold your hand depressiva.

  2. Marcelo Silva disse:

    Paro, olho pro post, arregalo os olhos, olho de novo: BEATLES!! É sério, acho que vou começar a ver esse programa na próxima temporada.

    Bom, apesar do tema, aparentemente foi decepcionante. Ainda não tive tempo de ver todas as apresentações, então só vi mesmo minha música preferida da banda (a.k.a. uma das músicas mais bonitas all-time) que é Yesterday, com medo de me decepcionar, mas até curti a apresentação. Dava pra ter sido melhor, mas emoção nessa música é tudo e ela soube colocar.

    Eu, como pessoa que só vê meia temporada de American Idol quase todo ano (acho que só vi a 6ª inteira, hehehe) não me incomodo com Come Together e quero ver o que fizeram com a música (que eu adoro também) quando chegar em casa. (e pausa para o choque de Crystal Bowersox ter cantado ela… E EU NÃO VI, COMOASSIM?)

    Só acho que deviam ter escolhido mais músicas da fase rock n’roll dos Beatles. Adoraria ver All My Loving ou Twist and Shout cantada por gente decente nessas competições. E sério, ressuscitem o John Lennon pra que ele proíba que competições musicais usem Imagine. Até eu que não acompanho muito elas não aguento mais. E isso é solo do Lennon, não é Beatles, coisa feia…
    Enfim, adorei o post, hehe.

    P.S.: Qualquer coisa que envolva Beatles não pode ficar sem essa: prefiro Paul McCartney, huahuahuahuahua

  3. Jana disse:

    Bom nem vi o Wagner cantando,já decidi que essa ser humano bizarro não vai mais machucar minha audição!
    Ah o Matt cantou bem sim,deu uma inovada no seu estilo de cantar,ficou bem bacana o modo como ele ‘forçou’ a voz,deu um ar rock ‘n’ roll =D e para de mimimi Will, ta com invejinha dele né?ctz haha (brinks!!)
    É mais tenho que concordar que dessa vez a Cher não foi tão bem.Bem na hora de usar uma música SEM USAR O RAP,ela canta de um jeito ‘falso’,não sei…não gostei do tom de voz que usou e fora que a Imagine quase não é cantada ¬¬
    Vou confessar algo que me deixa cada vez mais longe do céu,mas na hora que estava vendo a Mary fui pulando umas partes da sua apresentação…. eles colocaram uma reprise foi isso?LOUIS SE APOSENTA!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: