REVIEW: America’s Next Top Model 15.08 – Zac Posen

Jane: “Tem um homem na cozinha!!! Ah não, é a Liz…” Love you Jane

E como já era de se esperar, as meninas entram na casa após a última eliminação e encontram a foto da Liz pela casa, que se gaba de ter destronado Ann e ser a única outra garota a ter recebido a melhor foto da semana.

Ann está desapontada por ter perdido seu reinado e Esther está determinada a mostrar mais de sua personalidade, que convenhamos, não lembramos da Esther em boa parte dos episódios de tão quieta que ela é.

À noite, Miss J aparece na casa e revela que as meninas irão desfilar a nova marca/coleção do designer Zac Posen (que também aparece na casa para dar dicas sobre o que espera em seu desfile) e ainda terão que desfilar juntamente com modelos profissionais.

Além da pressão do desfile em si e de ter que se destacar contra as modelos profissionais, Miss J chama as profissionais de lado e pede para que elas sejam extra bitch com as ANTMers. Isso não é promover bullying?

E na tentativa de criar um pouco de drama, as mean girls se juntam em um canto e começam a soltar comentários como “Zac vai ter muito trabalho para esse desfile dar certo” para o andar da Chris, “Ela parece constipada” e “Seus peitos são grandes demais, vai ser difícil conseguir oportunidades” para a Esther e “O que ela está fazendo? Galopeando? Trotando?” em relação à Ann e para ajudar ainda mais a confiança da Ann, uma das modelos diz para ela antes de entrar na passarela “Não f0oda com tudo”, o que deixa a Ann mais frágil do que o Bambi.

Kayla é elogiada por sua desenvoltura e elegância. Miss J pede a Chris precisa de passos mais largos. Zac diz que o rosto da Jane estava ótimo e era como se seu corpo estivesse desconectado. Liz é criticada por andar com a cabeça muito elevada, o que acaba mostrando o interior do seu nariz. Esther parecia uma gelatina tremendo e rebolando de um lado para o outro. Chelsey é elogiada pelo seu andar e vender bem as roupas. E Ann é criticada pelo seu nervosismo e andar, porém é elogiada por Zac por ter um visual raro, que para ele raro significa luxo.

A ganhadora do desafio é Chelsey e ganha cinco visuais da coleção do Zac Posen.

Comercial / Comentários dos jurados

No dia seguinte, Mr. Jay e Nigel Barker aparecem na casa e revelam que as meninas irão gravar seu primeiro comercial para a bebida fictícia H2T.

Além de ter que memorizar suas falas rapidamente, as meninas irão andar de patins e ter que criar um momento intimo com um dos modelos masculinos.

Nos bastidores, Kayla se mostra nem um pouco animada em ter que contracenar (e possivelmente beijar o modelo) a ponto de chegar quase as lágrimas. Mr. Jay a chama de canto e ela revela que sofreu agressão sexual aos 11 anos e nunca havia contado a ninguém. O medo é tanto que ela admite que no mundo real, se um emprego implicasse em beijar um homem, ela rejeitaria a oportunidade, por melhor que a oportunidade seja.

Após uma palavras de encorajamento, Mr. Jay consegue acalmar Kayla, que topa participar das gravações.

Kayla – Kayla esquece suas falas no começo do comercial, se recompõe no meio, mas acaba criando uma atmosfera desconfortável quando tem que interagir com o modelo.

Liz – Continua intragável, se diz super confiante por ter memorizado todas suas falas, mas na hora de gravar ela diz uma fala e dá risada, erra e dá risada, dando a impressão que não se importa nem um pouco com o trabalho e acaba irritando Nigel profundamente.

Esther – A coitada bem que tenta mostrar mais personalidade, mas ainda assim é um desastre, o comercial fica totalmente sem graça.

Jane – Apesar de quase cair de cara várias vezes, Jane consegue mostrar sua personalidade e faz uma boa entrega.

Chelsey – Chelsey me surpreendeu, lembrou suas falas e vendeu o produto. Faltou um pouco mais de naturalidade que a Chris teve, mas ainda assim foi um bom comercial.

Chris – Simplesmente arrasa, sua personalidade irradia durante todo o comercial e é a melhor de todas.

Ann – A garota já é desengonçada por ser alta… Colocar ela de patins é praticamente tortura.

Ann passa o comercial inteiro com voz e cara de choro, além de não conseguir lembrar suas falas 100%. E para melhorar ainda mais a confiança dela, Ann cai diversas vezes durante a gravação.

Apesar de ser totalmente esquecível, eu queria muito que a Esther continuasse, ela estava ciente de quais eram seus problemas e estava tentando melhorar, só não teve tempo o suficiente. Isso pra mim conta muito mais do alguém que leva tudo na brincadeira e depois fica chorando as pitangas dizendo que tem uma filha pra sustentar e blah bla blah. #GoHomeLiz

E a partir de agora, tenho medo pela Ann, a criatura está muito abalada e sinto cheiro de que daqui pra frente os juados vão começar a dizer que ela não é mais boa o bastante e acabar eliminando ela por volta do Top 5, como aconteceu com várias favoritas em temporadas passadas (Heather Kuzmich do C9 e Brittany Hatch do C8, por exemplo).

Assista o episódio: Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: