REVIEW: The X Factor 7.17 – Top 11 – Halloween

BUHHHHHH!!! Nada mais assustador do que ainda ter o Wagner na competição…

É véspera de Halloween, e nada mais apropriado do que os mentores fazerem com que os nossos queridos marionetes participantes cantarem músicas (remotamente) relacionadas ao tema.

Mary Byrne – “Could It Be Magic” (Barry Manilow/Take That): No video de introdução, Louis diz que Mary terá uma música mais contemporanea… PURA BALELA!!! Desde quando uma música do Barry Manilow é contemporânea?

Mary começa a música da forma linda como ela sempre começa, observe os chifrinos que ela está usando, e logo a música segue uma linha disco.

Louis, transformar a música num ritmo disco é contemporâneo?

A resposta é “NÃO!!” seu velho gaga e pior mentor EVER!!!.

De qualquer forma, os vocais sao sólidos como sempre e pela primeira vez a Mary se movimenta pelo palco.

Dannii acha a apresentação incrível e diz que Mary está se tornando a diva que todos esperavam. Cheryl esperava algo mais na linha de “I Put A Spell On You”, mas reconhece que Mary pode cantar qualquer coisa que será fantástico. Simon diz que amou ela nessa semana, assim como na anterior, e a compara com uma ‘diabinha excitada’ (olha o assédio sexual!!!). E Louis vem com aquelas merdas de comentários que ele diz para todo participante, “você é ótimo”, “adore”, bla bla bla….

Aiden Grimshaw – “Thriller” (Michael Jackson): Momento “WTF AIDEN & DANNII ESTAVAM PENSANDO??”.

A única forma dessa apresentação dar certo é se Aiden dar uma de David Cook e inovar no arranjo da música (assim como Cook fez com “Billie Jean”), e é exatamente o que vemos nessa apresentação, uma versão que escutariamos de uma banda gótica.

Agora não sei se gostei da apresentação ou não… Sem dúvidas ficou interessante, mas a versão do MJ é perfeita e durante toda a música fiquei esperando que a apresentação engrenasse num ritmo mais animado (pesado, eu não esperava um ritmo pop animado… que fique bem claro).

Louis diz que a música foi um grande desafio, elogia o fato de ter mudado totalmente a música, mas alerta que sua versão não irá agradar a todos. Cheryl concorda que foi um grande risco, mas não consegue decidir se gostou ou não, pois acha qur toda música que Aiden vem cantando, ele traz uma intensidade exagerada para a música. Simon chama a performance de bizarra e indulgente, e diz que teria sido melhor se a música tivesse ganhado mais momento. E Dannii elogia o fato dele estar crescendo semana a semana.

Belle Amie – “Venus” (Bananarama): O que dizer sobre elas que eu ainda não disse?

Elas simplesmente não tem química, suas vozes nãosão boas o bastante e toda a performance se torna um grande BLEH, como tem sido todas as semanas.

Louis continua a dizer que elas são a próxima grande girlband. Dannii diz que se as meninas assistissem sua performance, elas mesmas diriam que não foi bom. Cheryl elogia a energia delas, mas gostaria de vê-las cantando uma música que não seja de outra girlband. Simon diz que foi a melhor performance delas e que não estão recebendo os devidos elogios.

Rebecca Ferguson – “Wicked Game” (Chris Isaak): Como alguém tem coragem de cantar essa música depois da Siobhan Magnus ter feito um ótimo trabalho com essa mesma música?

Aplaudo as mudanças sutis que ela fez com a música que funcionaram bem em boa parte e tornou sua versão original, mas não sei…  Deve ser birra minha com ela, mas não consigo gostar dela, toda semana sinto que é a mesma coisa, não sinto que sua voz é versátil o suficiente.

Louis ama tudo sobre ela e diz que ela é diferente. Dannii diz que escutaria essa performance repetidamente. Simon compara sua evolução com a de quando Leona Lewis esteve no programa. E Cheryl enche a moça de elogios.

Treyc Cohen – “Relight My Fire” (Take That): Treyc e Cheryl devem estar se borrando de medo depois do bottom 2 da semana passada.

Tanto medo que Treyc abandona o lado rock e apela para o R&B.

Mais uma vez escolha de música que não entendi sua relação com o tema, mas ainda assim, Treyc demonstra um vocal competente, mas não senti que ela estava conectada com a música ou o público.

Louis diz que Treyc voltou lutando por seu lugar na competição e diz que foi uma performance brilhante. Dannii diz que ela cantar de tudo, mas está confusa em relação ao tipo de artista que ela virá a ser. Simon elogia os vocais, mas critica a relação de Treyc e Cheryl, principalmente por não estar tornando-a em uma artista e acrescenta que por enquanto, nada na Treyc é original. Cheryl rebate as criticas e diz que Treyc foi fantástica.

Matt Cardle – “Bleeding Love” (Leona Lewis): Hmm… Vários escolhas que não fazem sentido algum em relação ao tema hein… A música é compativel com o tema porque cita sangue????

Dannii e Matt precisam tomar cuidado com as escolhas de música, o público não é nada burro e daqui a pouco vão se voltar contra eles caso continuem a burlar os temas.

E é mais uma ótima performance do puppy dog (toda vez que vejo ele me lembro de filhotes de buldoque, não me perguntem o motivo), bem superior ao de “Hit Me Baby One More Time”.

O arranjo está bem diferente da versão da Leona Lewis, algo mais soft rock, que funciona perfeitamente.

Apesar de tudo estar indo bem, Matt não parece confortável essa semana, sua expressão é de muita preocupação…

Louis diz que ele é um dos candidatos mais fortes, mas que não gostou tanto dele essa semana. Cheryl diz que não foi uma de suas melhores performance e que ao entrar no palco, Matt parecia estar se sentindo derrotado. Simon também comenta que Matt está muito nervoso esta semana, mas elogia a escolha da música e a versão. Dannii se diz indignada com os comentários, comenta que os vocais foram incríveis e desafia a qualquer outro homem na competição a cantar esta música tão bem quanto ele.

Isso aí Dannii!!! Concordo que o nervosismo atrapalhou, mas nem de longe foi uma performance fraca, em minha opinião, foi sua segunda melhor atrás apenas de “Jusr The Way You Are”.

Wagner – “O Fortuna” / “Bat Out Of Hell” (Meatloaf): Me recuso a comentar essa aberração.

Dannii diz que não esperava por essa performance. Cheryl diz que estava fora de sincronia com a música. Simon diz “O QUE DIABOS FOI ISSO? Louis, o que você está bebendo? Não entendi uma única palavra. Se o público gosta de você e vota em você, ótimo… Eu sempre posso deixar o país”.  E o velho gaga e surdo diz que ele é o participante que todos gostam de comentar. ¬¬

Paije Richardson – “Back to Black” (Amy Winehouse): Agora sim eu acredito no Paije!

Escolha perfeita de música que caiu como uma luva na voz dele e também mostrou seu lado mais crível como artista. Sua melhor performance até o momento.

Louis diz que Paije está mais vivo do que nunca no palco. Cheryl acredita que ele está ficando cada vez mais confiante e elogia sua voz. Simon ama a nova atitude e diz que ele está se tornando uma diva (no bom sentido). Dannii adorou o brilho que Paije teve durante a performance e se diz muito orgulhosa.

Katie Waissel – “Bewitched” (Steve Lawrence): E o visual louco da Katie está de volta!!! WTF pro cabelo e maquiagem, mas enfim… É Halloween então perdôo.

Os vocais da Katie não os mais fortes da competição, mas agora sua voz não me irrita mais como antigamente. Apresentação boa e bonitinha que me agradou.

Louis diz que ela nasceu para estar no palco. Dannii se diz distraída pelo cabelo e maquiagem. Simon diz que a competição seria entediante sem ela, elogia o fato dela não se levar muito a sério e a compara com Gwen Stefani. Cheryl diz que Katie se entrega totalmente aos temas e sempre dá o seu melhor.

One Direction – “Total Eclipse Of The Heart” (Bonnie Tyler): É official, odeio os grupos desse ano…

Odiei o arranjo da música (e Simon ainda justifica sua escolha porque tem eclipse no nome… e todo mundo sabe que eclipse e Halloween são totalmente ligados… ¬¬) e os vocais continuam sendo fracos.

Louis diz que o grupo tem uma ótima química. Dannii diz que eles estão fazendo tudo o que uma boyband deveria (aka. Ser ruim pra caramba – minhas palavras). Cheryl diz que eles irão longe na competição. Simon diz que foi uma ótima performance.

Cher Lloyd – “Stay” (The Shakespears Sisters): Cher is back!!!

Aquela Cher tímida e insegura que conhecemos nas audições está de volta e tudo que quero é dar um abraço nela.

Melhor escolha de música da noite e melhor performance da note também.

Cher simplemente canta e encanta (brega nem um pouco esse comentário… hehe) sem nem precisar fazer rap essa semana.

Cher mostra um vocal bonito (porém imperfeito), vulnerável e cheio de emoção. Facilmente será uma das melhores performances da temporada.

Só não consegui entender o motivo do choro no final, talvez a carga emocional da música tenha sido demais para segurar ou apenas uma jogada para ganhar mais votos?

Enfim, gosto de pensar que a emoção da música tenha sido demais.

Louis diz que a apresentação foi simplesmente incrível e a melhor da noite. Dannii acha que a performance foi linda e gostou de ver  o lado vulnerável da Cher. Simon diz que foi a melhor performance da temporada até o momento. Cheryl elogia o fato de a Cher ter colocado toda sua emoção na música.

Fiquei tão orgulhoso que a Cher merece uma coisa que até hoje só fiz pro Matt (ui!… rs).

Com músicas cada vez mais sem sentido, os melhores da noite foram Cher (duh), Matt (duh²) e Paije.

Minhas escolhas para essa semana seriam Who Wants To Live Forever (Queen), Going Under ou Sweet Sacrifice (Evanescence), Nemo (Nightwish), Bury Me Alive ou St. John (We Are The Fallen).

Até a próxima o//

2 Responses to REVIEW: The X Factor 7.17 – Top 11 – Halloween

  1. Jana disse:

    Basicamente,Cher foi demais (para de pegar no pé dela Will haha) e o Matt, nem tem oq comentar,ele é realmente bom,apesar de não terem dado uma musica de acordo com o tema (acho q foi sacanagem mas…) ele nao decepcionou !!
    Minhas escollhas de halloween seriam : Highway to Hell (AC/DC) e Nemo (Nightwish)!

  2. Zé Picelli disse:

    Curti bastante Bleeding Love do Matt, mas você tem razão, Just The Way You Are ficou infinitamente superior.
    Quanto a Cher, foi de arrepiar, assim como a audition. Será que ela vai manter esse alto nível? Estou na torcida.

    Não consigo pensar em nenhuma música para o tema sem ser Going Under #bloqueiomental

    PS. Chorei de rir com a foto!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: