Review: The Big Bang Theory 4.03 – “The Zazzy Substitution” e 04 – “The Hot Troll Deviation”

Acompanhar The Big Bang Theory é um tanto engraçado. Quantas séries te dão um dos piores e um dos melhores episódios da série assim, seguidos? Enquanto o 3ºepísódio levou o ótimo gancho da temporada passada para o ralo, o 4º apostou num dos elementos que fez a série virar o sucesso que é hoje, provando que eles sempre deveriam fazer episódios desse tipo.

4.03 – “The Zazzy Substitution”

Quando uma sitcom me dá sono, tem algo terrivelmente errado. Sabia que forçar muito a piada em Sheldon hora ou outra ia dar errado. Pior que além de ter rendido um episódio ruim, estragou a melhor ideia dessa temporada, que era o “namoro” (ou whatever the hell that is) com Amy. A arrogância dela não é engraçada como a de Sheldon… foi irritante. Sério, odiei a personagem do começo ao fim do episódio e olha que tinha achado ela engraçada na premiere.

Tudo foi sem graça nesse episódio. O fim do relacionamento dos dois, Sheldon inconscientemente deprimido por isso, nem a coleção de gatos foi engraçado o suficiente (apesar de me fazer rir um pouco). Aparentemente, em situações desesperadoras assim, só as mães para salvarem e no fim, quem ajudou esse episódio a não se tornar uma grande porcaria foi a mãe de Sheldon, dando o ar de sua graça mais uma vez. Não fosse a interpretação impagável de Christine Baranski como a mãe de Leonard, a Sra. Cooper seria a melhor mãe da série. Mas no geral, foi absurdamente fraco. Comparado com o anterior então, chega a ser revoltante.

Agora, é bom ficarmos um tempinho sem episódios centrados só no Sheldon, antes da piada se esgotar de vez…

Nota: 4

_________________________________________________

4.04 – “The Hot Troll Deviation”

Depois de um momento de fraqueza, eis que a série aposta no que sempre teve de melhor: a interação entre os quatro nerds, usando situações básicas do cotidiano de qualquer um, como a dificuldade de dividir o espaço de trabalho com um parceiro (quando a pessoa passou um tempo trabalhando sozinha numa sala, claro) ou o jeito certo de agir quando se está no mesmo ambiente que a ex-namorada. Óbvio que tudo isso tem aquele exagero necessário dos nerds, que torna tudo mais engraçado.

Para provar que a série não é só Sheldon, esse episódio foi centrado em Howard e, sinceramente teve um resultado surpreendentemente bom, mostrando que o personagem pode render muitas risadas. Claro que parte das gargalhadas são de responsabilidade das sensacionais participações de Katee Sackhoff e George Takei (esse foi surpresa mesmo!), como parte do sub-consciente de Howard (e agindo como a consciência dele no final). Fico aliviado também ao ver que Sackhoff só estava no papel errado em 24 Horas, pois fez um ótimo trabalho aqui (veja só, ela  serve pra comédias…).

Tão engraçado quanto Howard e sua insegurança (além da sua mãe, cada vez mais hilária), foi a briga de Sheldon e Raj, quando o indiano resolve exigir um espaço decente no escritório deles (pra quem não lembra, os dois trabalham juntos). As discussões foram um show a parte, mas chorei de rir quando Sheldon entrou na sala e deu de cara com uma mesa gigantesca ocupando metade do escritório. Melhor que tudo isso foi que Leonard ficou de fora de todas as histórias. Melhor porque Leonard deve ser o nerd mais chato que já vi na vida (tanto na ficção quanto na vida real, hehe) e ia tentar tirar a graça de alguma dessas histórias, com certeza.

Só pra terminar, Howard com o gravação de Sheldon chamando por Penny e sua história do sexo virtual no World of Warcraft já valeram o episódio inteiro. Sério, será que existe algo tão loser quanto isso? E coitada da menina, ser trocada por uma troll… mas enfim, é Howard né, não se espera nada menos porco, hehe.

Realmente espero que The Big Bang Theory continue como foi nesse episódio, sem jogar tudo em cima de Sheldon e esperando que as pessoas riam e apostando mais na força do grupo quando está junto… sempre dá certo.

Nota: 9,5

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: