Review: Survivor Nicaragua S21E06 – “Worst Case Scenario”

Um episódio arrepiante e com uma das tribal councils mais incríveis que já vi.

MEU DEUS….MEU DEUS….MEU DEUS…O QUE FOI AQUELA TRIBAL COUNCIL DE LA FLOR?

Desculpa, mas não consegui evitar de começar a review sem botar pra fora o que passava na minha cabeça, que é justamente o conselho tribal de La Flor, mas calma, temos todo um percurso para comentar até chegarmos nesse que já é um dos momentos mais absurdos/incríveis que vi neste programa.

Nos primeiros minutos deste episódio de Survivor Nicaragua o Jeff já nos informa que teremos duas eliminações essa semana, ou seja, tanto Espada, quanto La Flor terão que passar pelas tensas tribal councils. Consequentemente o desafio da semana não era para conseguir a imunidade da tribo e sim a imunidade individual de uma pessoa de cada tribo. O desafio não é dos mais complicados, em Espada Tribe nos surpreendemos com a vitória da Holly (a.k.a. A ladra de sapatos), que em um momento de iluminação venceu de todos os jovens (ainda, jovens ainda…) da sua tribo e ganhou a imunidade.

No desafio de La Flor vemos uma competição acirrada entre Kelly B(iônica) e Jill, mas que por uma questão de segundos vemos Jill ganhando a imunidade e trazendo a caos para a votação de La Flor, já que se ela perdesse facilmente ela seria eliminada essa semana.

O reward challenge da semana era uma continuação do immunity challenge, ou seja, Jill e Holly competiram para ver qual das duas ia ganhar (para suas respectivas tribos) a oportunidade de degustar de um merecido jantar enquanto assistiam o conselho tribal da tribo adversária. Jill leva a melhor e La Flor consegue a oportunidade de comer e ainda assistir, numa tribal council, todo o drama que está acontecendo em Espada.  Presentaço, né?

Rapidamente vamos logo falar sobre Espada porque eles são chatos, desinteressantes e tô tremendo aqui pra comentar La Flor. A volta para o acampamento da Espada Tribe é o momento para a decisão dos votos, as opções estão bem delimitadas: o inválido do Dan e a pseudo-jogadora Eve. Primeiro todo mundo quer eliminar o Dan, porque até os macaquinhos que ficam nas árvores do acampamento são mais úteis que ele na competição,  então a Eve aproveita pra tirar o dela da reta e fazer campanha pra conseguir votos contra o Dan. O problema é que o pessoal de Espada quer tentar ser racional e eles decidem que a melhor opção é tirar a Eve porque ela é uma jogadora forte (só se for de “amarelinha”).

Uma das coisas legais na Espada Tribe é que temos a NaOnça de volta aos seus momentos de glória, quer dizer, ela tá voltando a ter aquela bitchness que lhe é tão característico, mas está longe de ser aquela NaOnka do começo da competição que era capaz de arrancar a outra perna da Kelly B(iônica) só por diversão. Ah e eu gargalhei com aquela piscadela que ela deu pra câmera ao dizer que votaria na Eve se fosse o que a tribo decidisse e que era capaz de ainda sorrir para a Eve como se nada estivesse acontecendo. E acredito que a NaOnka foi a única sensata em toda a tribo ao ter demonstrado que era melhor eliminar logo aquele bosta do Dan, mas ninguém escuta a nossa NaOnça.

Em relação a La Flor Tribe as estratégias de votos são incrivelmente mais tensas e mais bem pensadas. De um lado temos a Brenda tentando arquitetar um blindside que entraria para a história de Survivor, do outro temos Marty utilizando toda a sua lábia para manipular toda a tribo para votar na Jane e para completar o paredão (BBB, oi?), ainda temos a planejada opção de eliminar a Kelly B. caso o plano da Brenda não desse certo. Falemos melhor sobre essas jogadas….

É guerra para o título do melhor jogador de Survivor Nicaragua. Brenda quer a todo custo eliminar Marty e tem o apoio de muitos dos seus companheiros de tribo. O grande problema é que o Marty tem  um ídolo em  mãos e o plano da Brenda só daria certo com um blindside de deixar até as mulheres de Survivor Micronesia assustadas. Marty quer continuar na competição, mas não só isso, ele quer ser o líder da tribo (como era na antiga Older Tribe) e quer ser o jogador da temporada, não tendo problemas em enganar, mentir e manipular todo mundo da sua tribo para conseguir isso.

A decisão de La Flor é de dividir os votos, porque mesmo se Marty utilizasse o idol, a votação estaria segura já que a outra metade dos votos teria ido para Kelly B. que seria eliminada e La Flor teria uma ameaça a menos perante o júri. Com isso vamos a primeira tribal council do episódio, La Flor é quem tem que começar eliminando um dos seus membros.

A genialidade da competição entre os dois fica bem clara nas conversas do conselho tribal, onde vemos Brenda revelando todas as tentativas do Marty de tentar votar na Jane, Marty que não é burro se defende dizendo que é minoria na tribo e que ele e a Jill que são os alvos fáceis. A forma como o conselho de La Flor é conduzido é excelente e chegamos ao momento da votação, temos um empate: 3 votos para o Marty, 3 votos para a Kelly B. e 2 votos para a Brenda.

Acontece então um raríssimo revote e todos menos Kelly B. e Marty votam mais uma vez para decidir qual dos dois será eliminado. Daí pra frente TUDO MUDA. Ninguém sabe o que aconteceu de uma votação para a outra, ninguém sabe qual foi a jogada que o Marty utilizou para se safar, ninguém sabe quem votou em quem e porque TANTA gente mudou o voto.

Pelos números estava tudo certo para o Marty sair numa segunda votação, mas o que DIABOS aconteceu que quase todo mundo mudou o voto para a Kelly B. que foi embora sem entender como ela tinha sido eliminada. Se o Marty tiver arquitetado todo um plano na surdina com Jill, Sash, Kelly (que tem duas pernas) e Fabio para caso ocorresse um revote todos eles votassem na Kelly B. e surpreendessem Brenda e Jane, se isso realmente tiver acontecido EU TIRO MEU CHAPÉU PRO MARTY E DIGO QUE ELE É UM DOS JOGADORES MAIS INCRÍVEIS DE SURVIVOR. Porque, cara, ele não usou o idol e se safou de uma eliminação que esta CERTA de acontecer. Como pode?!

O que eu posso dizer é que eu amo La Flor e toda a capacidade de nos surpreender que esta tribo tem. Mas como nada é perfeito, temos ainda o chatinho conselho tribal da Espada Tribe que decide eliminar a Eve. Ainda acho que essa foi uma jogada burra, porque  Espada está só assinando o compromisso de encarar todas as tribal councils até a merge, já que eles são patéticos nos desafios.

Essa semana tivemos um episódio incrível, o melhor da temporada até agora e espero realmente que os próximos consigam manter o nível deste episódio porque aí sim vamos ter pelo menos 10% da genialidade que foi Survivor Heroes Vs. Villains na temporada passada. O que nos resta fazer até o próximo episódio é tentar entender as muitas perguntas que esse episódio nos deixou, porque vamos precisar mesmo de uma semana para tentar digerir uma tribal council como essa de La Flor.

P.S: O apelido composto que o Marty deu pra Brenda foi demais,” black-mamba-black-widow-black-cobra” é o tipo de apelido que demonstra o perfil de jogador que eu curto ver em Survivor. Ou seja, Brenda, faça jus a esse apelido!

P.S²: O Marty enganando o Fabio (que cara burro!) com a história de ser um grandmaster no xadrez foi uma mentira QUASE no nível da do Johnny Fairplay dizendo que a avó dele tinha acabado de falecer para conseguir não ser eliminado nas primeiras semanas da temporada dele.

Sobre Aécio Rocha
.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: