REVIEW: Entourage 7.02 – Buzzed

Depois de uma ótima premiere porém longe de ser excelente, Entourage volta com um segundo episódio muito superior.  Motivo? Ari Gold está começando a dominar o mundo!Primeiro um desabafo. É fato que Drama e Turtle nunca ofereceram muito à trama principal da série, mas pelo menos serviam de alívio cômico (lembram-se do hilário mal entendido de Johnny com o massagista? E o desentendimento de Turtle e sua mãe?), mas desde que a temporada começou, os dois mais aparecem para marcar presença, nada além disso. Não se é só comigo mas cansei de Drama e sua cara de sofrido em busca de um papel que nunca aparece. Kevin Dillon faz um trabalho brilhante mas o problema é que o material que estão oferecendo ao ator não é dos melhores. Já a participação de Turtle nessa temporada, além de dispensável, só faz eu sentir falta de Jamie-Lynn Sigler.

Mas falando da parte boa do episódio.. Por mais retrógrado que possa parecer, adorei ver Vinny chutando o pau da barraca e cortando o cabelo, sem ao menos se preocupar com seu filme. Tudo ficou ainda mais sério quando o diretor decidiu refazer algumas cenas mas, devido ao novo corte de cabelo, Vinny e E. estão praticamente jurados de morte. Sem contar que Vinny, “sem querer querendo” disse em uma entrevista que o filme será um fracasso. Logo, quem mais surtou com o astro? A nossa adorável bitch Shauna. Sim, ela está de volta! O que significa ótimos diálogos repletos de afeto e carinho entre a publicitária e E.

Já no núcleo Gold, mais uma vez Ari deixa a esposa de escanteio para cuidar de seus problemas na agência. Ele, junto de Lizzie, estão lutando para fechar um dos maiores acordos da carreira do agente: NFL. O resultado não foi o esperado mas surpreendente: Ari Gold possívelmente dono de um time de football! Esse é Ari Gold, aos poucos conquistando o mundo.

A presença de Shauna e de Lizzie são sempre ótimas. Shauna por ser a segunda personagem mais interessante da série (perdendo apenas para Ari Gold) e Lizzie por mostrar que Ari não é o único agente competente em sua empresa. Me dá muita raiva ver aquele baaaaaaando de gente muda nas reuniões como se fossem meros figurantes de novelas globais (é pecado fazer referência a Globo em uma produção da HBO?) e Autumn Reeser, a responsável por resgatar OC do fracasso, traz uma dinâmica melhor às cenas da agência, mostrando que seu lugar não é na FOX e sim na HBO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: