Review: Lost 6.13 – “The Last Recruit”

Antes de mais nada, preciso dizer que o atraso do review se deu por três motivos (nessa ordem mesmo,hehe): eu demorei um pouco para conseguir formular qualquer opinião sobre esse episódio, resolvi dedicar um pouquinho de tempo (mas só um pouquinho) ao cinema e por fim, pelo fato dessa semana não ter episódio, achei até preferível postar só agora. Dito tudo isso, falemos do episódio:

O cliffhanger tenso de duas semanas atrás rendeu um episódio excepcional, envolvente, com aquele clima que a gente sempre adorou em Lost e as coisas finalmente se encaminhando para algum lugar em ambas as realidades. Como é bom não fazer ideia do que vai acontecer a seguir…

Como em toda temporada, temos um episódio em que todo mundo se reencontra e as cenas que a gente esperava ver há tempos (nesse caso, Jack se encontrando com Evil Locke e Claire e Sun com Jin) finalmente acontecem. E “The Last Recruit” foi assim, talvez por isso tenha sido tão bom, lembrou muito aqueles episódios das primeiras temporadas.

Muita gente não curtu, mas achei o dialogo entre Jack e Evil Locke excelente, talvez uma das melhores coisas do episódio. Certo, vamos esquecer a parte em que um dos grandes mistérios da série – as aparições do pai de Jack – é respondido novamente do jeitinho “bonitinho, mas ordinário” (era mesmo a fumaça). Mas nada foi mais medonho que Evil Locke levantando e dizendo:

John Locke was not a believer, Jack… He was a sucker.

A convicção é tão grande que assusta. Terry O’Quinn está dando um show nessa temporada, interpretar um personagem “igual mas totalmente diferente” como o Evil Locke não é pra qualquer um e ele consegue tirar de letra.

O que mais me impressionou mesmo foram os FlashSideways. Tudo está sendo muito bem-amarrado, de uma forma tão brilhante que chega a ser meio bizarro pensar que há 3 episódios atrás eles pareciam completamente inúteis. Tudo bem que Desmond ter atropelado Locke só para ele ir para o hospital de Jack foi meio tosco, mas para compensar, temos Sun em pânico ao ver o careca (será que ela lembrou do Evil Locke?), Kate sendo pega por Sawyer, que também prende Sayid (caramba…) e por fim, Desmond fazendo Claire conhecer Jack, com a ajuda de sua advogada… Illana. Adorei o jeito que estão dando para ligar todos os personagens. Ótimas sacadas (com exceções né).

Na ilha, Desmond nem apareceu muito. Sobreviveu a queda no poço, é óbvio e pelo que ficou subentendido, “converteu” Sayid. Chega de zumbi mode agora né? Encheu o saco. E falar de converter alguém me lembrou de Hurley, que continua tendo algumas das melhores falas dessa temporada:

Dá pra trazer as pessoas de volta do lado negro. Tipo o Anakin…

Sério, considerem um spin-off pro gordinho no final da série. Ele tá merecendo.

E que grata surpresa quando até o lado “filler” do episódio que me empolgou. Porque agora não tem como fugir de algo alucinante, tudo está a ponto de bala. A Fake Tina Fey foi lá, peitou Evil Locke, que não ficou nada feliz e enquanto isso, os sobreviventes mandaram essa guerra mística pra merda e fogem no barco. Só duvido muito que Claire também tenha ido pro lado “do bem” fácil assim. Acho que na primeira brecha ela esgana a Kate (algo que poderia acontecer mesmo). E pra terminar, Fake Tina e cia. rendem todo mundo (geólogos bem heavy metal esses) e simplesmente resolvem explodir a ilha principal, com Jack e Evil Locke, que ficaram por lá.

Tudo isso antecipa um próximo episódio excelente e me deixou numa expectativa absurda, ainda mais com Evil Locke afirmando que Jack está seguro com ele, ou seja, o vilão conseguiu quem queria pro seu lado (tudo bem que o médico não parece influenciar em mais nada e é um mala, mas a fumaça parece saber de tudo né).

Eu sei que nem comentei o reencontro de Sun e Jin e o dialogo de Sawyer e Jack no barco, mas porque ambos foram bem toscos né? O reencontro do casal foi uma decepção e ainda teve aquela frase mega-canastra do Lapidus pra coroar. Depois daquilo, só faltou a musiquinha clássica e o He-Man aparecendo para falar o que aprendemos no episódio. Quanto a conversa no barco, acho que já é a 15ªvez nessa temporada que Jack diz que eles foram para ilha por uma razão e bla bla bla. Ok, we got it, você é um homem de fé agora. Mas confesso que tem um pouco de lógica no que ele falou…

Enfim, apesar de ter achado menos sensacional do que várias outras pessoas acharam, fiquei bem satisfeito com esse episódio de Lost, principalmente por ter conseguido deixar ansioso para o próximo. E só faltam 4… a ficha tá demorando pra cair…

Nota: 9

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: