Review: Lost 6.10 – “The Package”

Por 10 episódios eu aguentei. Fui paciente, deixei a trama rolar, se desenvolver direitinho, como em toda temporada, entendi que o clima de final não ia aparecer de imediato. Mas agora chega. Chega de enrolação, chega de fillers, chega de besteiras e cenas inúteis. Quero ver essa joça indo para um lugar, caminhando para um final, quero respostas e já não aguento mais a série estar num clima de temporada qualquer quando faltam 8 episódios para o fim. Lost é a minha série favorita, por isso eu digo, com todas as letras: esse episódio foi chato. Aí eu lembro o ponto que a série está e corrijo: foi PÉSSIMO.

Sério, odiei tanto o episódio que demorei mais que o normal para postar o review e agora nem sei o que escrever aqui. Claro, o da Kate foi até pior, mas dá pra relevar porque era começo de temporada e, vamos concordar que o talento que esses caras tem pra fazer season finales eles não tem pra fazer começos de temporadas (o primeiro episódio sempre é bacana, o que vem depois, em compensação…). Mas “The Package”… meu Deus, nem de filler dá pra chamar, foi pura enrolação.

Eu abandono Heroes pra me deparar com essa história de Sun batendo a cabeça na árvore e esquecendo o inglês em Lost. Oh, lord… Sim, eu sei, isso é uma doença de verdade, como Jack fez questão de explicar – porque se não fizesse isso seria pior do que já foi – mas sério que vamos gastar preciosos minutos com essa bobeira? Pelo menos teve a explosão da Sun com o Richard, que deu de explodir o avião para impedir Evil Locke de sair da ilha. Ah sim, Sawyer foi a voz do telespectador dessa vez e perguntou porque nosso querido vilão esfumaçado está fazendo tanto drama para fugir se ele é uma fuamaça. A resposta foi rápida e direta:

Você acha que se eu pudesse já não teria feito isso?

Huum… tá. Senta lá. Ah sim, Evil Locke vai dar cabo na Kate no fim da história? Tipo, “obrigado por acomodar todo mundo aqui no avião, abraço, Claire mata essa desgraça”. Só pra fechar as babaquices mais agressivas, se eu estivesse no lugar da Sun, sorria gentilmente pro Jack, pegava o tomate da mão dele e fazia ele engolir aquilo inteiro por aquela cena. É bem o que eu li no Twitter: Jack vive de prometer e dar discursos que vai tirar todo mundo dali, mas fazer ele ainda não fez merda nenhuma. E veja bem: não fez mesmo. O máximo que conseguiu foi ligar pro cargueiro depois de espancar Ben na 3ªtemporada e mesmo isso foi um erro, como vimos depois.

Apesar de ter sido um momento meio Big Brother, achei a cena de Jin vendo as fotos da filha bem bonita. Os caras nunca perderam o talento de fazer cenas comoventes. Claro que o papinho “vamos destruir aquele cara senão nossas filhas morrem” quase estragou tudo, mas foi bom mesmo assim. Alias, como Widmore ficou sabendo o que está rolando na ilha? Pensei que ele ainda tava de birra com o Ben, mas ele realmente foi pelo Evil Locke. E levou a Tina Fey com ele, que está procurando por bolsões de eletromagnetismo… Minha filha acorda, esse lance é só fachada para a batalha épica do bem contra o mau e a provável destruição do mundo. Que coisa… ¬¬

Os FlashSideways continuam a coisa mais inútil da história de Lost desde Paulo e Niki, mas eu não consigo odia-los. Achei bacana Sawyer de policial, Jack tentando ser pai e Ben de professor de História e com Jin e Sun, foi meio chatinho, como todo episódio deles, mas já que tomei consciência de que esse negócio não serve pra nada, me diverti com o lance deles ainda não serem casados e todos os mercenários que já apareceram em Lost terem relação com o pai de Sun, além do final, com a sacadinha bacana do Mikhail levar um tiro no olho. Será que a teoria do novo passado que eu falei num review do finado Comentando Séries é verdade?

Enfim, o episódio em si foi ruim, mas pior que isso, me fez admitir de uma vez por todas: eles não vão responder metade das perguntas que criaram. Eu sei, muita gente que está lendo isso vai achar que eu sou um lerdo que demorei mais que o normal pra perceber, mas eu estava com fé de que os caras tinham tudo sob controle, planejavam responder grande parte dos mistérios, mas caramba, se eles responderem 20 de 50 perguntas que criaram na série, até o final, já estou feliz. Fica a torcida para que a chegada de Desmond, o personagem mais querido da série, traga alguns esclarecimentos, já que segundo Widmore, ele é essencial nessa história toda.

Bom, espero que parem de graça. Já sacamos sobre o que vai ser essa temporada e faltam só 7 episódios para a série acabar. Chega de fillers, Jack e suas metáforas estúpidas e perda de tempo. Por favor Damon Lindelof e Carlton Cuse, não vão decepcionar! Não agora!

Nota: 5

One Response to Review: Lost 6.10 – “The Package”

  1. Tati Reggy disse:

    Gostou do ‘Jack não entende nada com porra nenhuma, mas tá sempre prometendo um monte de soluções pra todo mundo’, né?😉 Realmente é muita decepção para uma temporada só, mas Carlton Cuse acabou de dizer no Twitter que hoje (06/04) um novo capítulo da temporada começa…é ver pra crer! Ótimo post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: